As Palavras-Chave e o Comportamento dos Usuários no Google | Clinks

As Palavras-Chave e o Comportamento dos Usuários no Google

01/06/2012 Por: na Categoria Palavra-chave com 0 e 1
Home > Blog > Palavra-chave > As Palavras-Chave e o Comportamento dos Usuários no Google

O que as palavras-chave usadas pelos seus clientes revelam sobre o comportamento deles?

– A maioria dos anunciantes de Links Patrocinados do Google Ads selecionam as palavras-chave com base no número de pesquisas que cada uma delas possui, no peso que tais palavras têm em descrever o que está sendo anunciado, ou numa combinação das duas coisas.

– Entretanto, as necessidades e o comportamento dos internautas, muitas vezes, não estão claramente refletidas nas buscas destes usuários.

– Para obter sucesso nas campanhas no Google Ads, os anunciantes precisam entender, pelo menos em parte, como é que os usuários pensam, e fazer os ajustes necessários.

A Psicologia Por Trás das Palavras-chave

– O que queremos dizer é que há, pelo menos, dois processos quando alguém realiza uma pesquisa no Google: a consulta e o comportamento. A Ferramenta de Palavras-Chave do Google Ads ajuda a descobrir os números de “consultas”, ou seja, o que está sendo mais pesquisado na internet. Mas o “comportamento”, o que o usuário faz após a consulta, não pode ser desconsiderado.

– Vamos fazer uma comparação um tanto quanto óbvia para entender o ponto: o que você acharia mais interessante na situação hipotética abaixo?

Pintura Texturizada = 1000 pesquisas mensais = 20 conversões

Pintura e Textura = 500 pesquisas mensais = 15 conversões

– É claro que você vislumbrará a primeira opção como mais vantajosa: mais pesquisas e mais conversões. No entanto, perceba que o percentual de pessoas que converteram é maior na segunda opção. Muitos anunciantes não fazem esse controle de conversões sobre as palavras-chave, dando atenção apenas ao número de pesquisas. É lógico que, se há tantas pesquisas pela palavra-chave “Pintura Texturizada”, então, é possível aumentar aquele número de conversões fazendo modificações no Link Patrocinado, na Página de Destino, etc. Mas não vamos entrar agora nestes méritos. O que queremos enfatizar é que as palavras-chave podem revelar muito sobre o comportamento humano de quem realiza as pesquisas. No exemplo fictício acima, a grosso modo, poderíamos dizer que aqueles que pesquisam “Pintura e Textura”, embora representem uma parcela menor de pessoas, estão mais dispostos a efetuar uma compra do que aqueles que pesquisam “Pintura Texturizada”. Isso significa ir além de quantificar números em sua campanha de Links Patrocinados. Significa avaliar o comportamento do seu público, com base nas palavras que eles digitam em suas pesquisas.

– Fazendo essa análise você conseguirá perceber, por exemplo, se as pessoas mais propensas à compra são aquelas que utilizam um termo técnico para um equipamento sofisticado, ou se aquelas que utilizam o nome mais popular. Se você vende ou aluga mesas de bilhar, não se preocupe somente em saber os termos que as pessoas estão usando mais: se “mesa de bilhar”, ou “mesa de snooker”, ou ainda “mesa de sinuca”. Embora estes dados sejam vitais para uma campanha de Links Patrocinados, procure criar relatórios de palavras-chave com base no número de conversões que tem obtido, no número de pessoas que iniciaram o processo de compra, mas desistiram, e no número de pessoas que somente visualizaram a Página de Destino. No final deste processo, você terá às mãos um verdadeiro dossiê do seu público na internet.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.