Baixo Volume de Pesquisa das Palavras-chave - O Que Fazer? | Clinks

Baixo Volume de Pesquisa das Palavras-chave – O Que Fazer?

18/04/2014 Por: na Categoria Palavra-chave com 0 e 0
Home > Blog > Palavra-chave > Baixo Volume de Pesquisa das Palavras-chave – O Que Fazer?

O que deve fazer o anunciante ao se deparar com o status Baixo Volume de Pesquisa em suas palavras-chave?

Baixo volume de pesquisa nas palavras-chave– Muitas vezes, ao escolher palavras-chave para suas campanhas de Links Patrocinados, os anunciantes são impactados pela mensagem do Google AdWords: “Baixo Volume de Pesquisa”. Qual é o significado deste status e como ele pode afetar o desempenho das campanhas de Links Patrocinados?

– Quando uma palavra-chave recebe o status de baixo volume de pesquisa, isto significa que o tráfego associado a ela nos mecanismos de buscas do Google é muito pequeno ou totalmente nulo, não justificando assim o seu uso nas campanhas publicitárias. As razões para uma palavra-chave ter baixo volume de pesquisa podem ser várias: um termo extremamente específico, grave erro ortográfico ou talvez por ser pouco objetiva.

– Quando o sistema do Google AdWords identifica uma palavra-chave assim, ele prontamente a suspende. Desta forma, esta palavra não acionará os Links Patrocinados da empresa para os quais foi associada. Não se trata de um status definitivo. A palavra-chave suspensa será automaticamente reativada caso o volume de pesquisa dela aumente. De modo que o anunciante não deve se desesperar ao perceber uma ou várias palavras-chave com este status.

– Este procedimento do Google AdWords visa liberar seus servidores de uma carga excessiva. Devemos nos lembrar que quando uma pesquisa é realizada, o Google verifica todas as contas para identificar quem está dando lances sobre aquela palavra-chave e, a partir daí, definir quais Links Patrocinados serão exibidos nos resultados. Isto quer dizer que trilhões de palavras-chave são analisadas e comparadas com os respectivos anunciantes interessados. Ao suspender palavras-chave com baixo volume de pesquisa, o Google AdWords consegue aliviar seus servidores, otimizando assim a relevância, precisão e velocidade dos resultados de pesquisa.

– É bem provável que, se a palavra-chave em questão for o nome de uma nova marca no mercado, ou mesmo de um novo produto, o sistema inicialmente classificará esta palavra como tendo um baixo volume de pesquisa. Isto se dá porque o sistema avalia a participação de uma palavra-chave em pesquisas realizadas nos últimos doze meses. De modo que é compreensível que uma nova marca ou produto demore algum tempo para se tornar relevante aos olhos do sistema de publicidade online. Mas como mencionado, este é um processo normal e automatizado que o anunciante não deve se preocupar. Assim que as pesquisas realizadas pelos usuários provarem para o Google AdWords que tal palavra-chave é relevante, o sistema irá ativá-la. O Google realiza uma verificação semanal das palavras-chave com baixo volume de pesquisa para avaliar se houve mudanças no cenário online relacionado a elas.

– No entanto, se o anunciante perceber que a palavra-chave não oferecerá mudanças significativas em pesquisas futuras, talvez conclua que o melhor a fazer é exclui-la, e então realizar pesquisas por palavras mais relevantes no Planejador de Palavras-chave do Google AdWords.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.