Como Atrair Clientes Construindo (Não Apenas Contando) Histórias

Como Atrair Clientes Construindo (Não Apenas Contando) Histórias

03/12/2018 Por: na Categoria Anuncia via agência não Google Partner com 0 e 2
Home > Blog > Anuncia via agência não Google Partner > Como Atrair Clientes Construindo (Não Apenas Contando) Histórias

Tecnologia do Google Ads e sinais emitidos pelos clientes permitiu revolucionar a forma de construir e contar storytellings.

Você já ouviu falar em storytelling? No universo do marketing digital, storytelling é a capacidade de utilizar recursos audiovisuais (vídeos) para contar histórias capazes de envolver o público-alvo. E não é exagero classificar a storytelling como uma forma de arte.

Com o passar dos anos, no entanto, as informações sobre o público-alvo permitiram dar um passo além.

Com isso, hoje é possível mais do que apenas contar uma história. É possível construí-la usando os novos recursos da tecnologia para isso.

O Que as Storytellings Sempre Exigiram

Storytelling sempre exigiu simplicidade. Um tempo curto para contar uma história, aproveitando da melhor forma possível os recursos visuais disponíveis.

Além disso, storytelling sempre envolveu a capacidade de despertar a curiosidade do público-alvo. Para isso, sempre foi importante pensar em camadas, sabendo que cada segundo é importante para prender a atenção dos espectadores.

Mas, com o avanço da tecnologia e dos sinais emitidos pelas pessoas, as storytelling começaram a sofrer uma revolução, e evoluíram.

Se você utiliza estratégias publicitárias de contar histórias, veja como melhorar suas técnicas de storytellings.

A Importância dos Sinais

Você tem uma história para contar para seus clientes. Como determinar quem deverá ser impactado por esta campanha publicitária?

Os sinais demográficos e localização geográfica sempre foram usados como critério de segmentação.

Mas hoje temos a nossa disposição muito mais sinais sobre nossos clientes atuais, leads e público-alvo. Eles são emitidos à medida que as pessoas navegam pela internet, assistem a vídeos, clicam em anúncios, e compartilham histórias.

Sinais para construir storytellings

Estas são dicas extremamente valiosas que as pessoas estão dando. Elas estão dizendo claramente o que querem assistir, o que realmente terá grande valor para elas. Estão como que dando dicas sobre como criar o roteiro perfeito para suas storytellings em vídeo.

A tecnologia do Google Ads e seu aprendizado de máquina aproveitam os sinais emitidos pelo seu público-alvo. Suas campanhas atualmente estão aproveitando toda esta tecnologia?

Criar Peças Dinâmicas e Personalizadas

O que seu cliente quis assistir ontem, não é o mesmo que ele quer assistir agora. Se pensarmos nesta sequência de acontecimentos, podemos nos perguntar: o que ele vai querer assistir amanhã?

As tecnologias e sinais disponíveis permitem que você possa prever o que seus clientes estão prestes a assistir. De posse destas informações, é possível entregar o Link Patrocinado certo para cada contexto em que o cliente se encontra.

Isso significa criar peças publicitárias variadas, e apresentá-las para as pessoas certas, nos momentos certos.

Assim, você foge do perigo de apresentar a mesma mensagem de storytelling para todas as pessoas. A personalização fará com que você não apenas construa histórias. Você terá a oportunidade de construí-las de acordo com cada público-alvo.

Criar Várias Peças em Sequência

Anteriormente, costumava-se criar uma storytelling como uma única peça criativa em vídeo. Os Bumper Ads é uma ferramenta bastante valiosa neste processo, afinal, são vídeos curtos, de 6 segundos, sem opção de pular o anúncio.

Mas as tecnologias agora permitem criar uma sequência de anúncios. Você não está mais limitado a uma única peça criativa. Você pode criar uma sequência de vídeos, levando em consideração como os clientes interagem com suas peças publicitárias ao longo do caminho.

Já falamos bastante sobre a Sequência de Anúncios em Vídeo. Com esse recurso, você divide sua história em diversas partes. Quando uma parte acaba, a outra será mostrada (mas somente para quem assistiu à peça anterior).

E se os sinais identificarem que determinada pessoa não está interessada em ser impactada por sua história completa? O Google Ads pode excluir esta pessoa da sequência de anúncios em vídeo, mostrando apenas uma imagem rápida do produto.

A sequência de anúncios pode alternar sua storytellings entre vídeos mais curtos, os Bumper Ads, e vídeos mais longos. Pesquisas mostram que esta estratégia tem trazido ótimos resultados. Por exemplo, um estudo do Google e Ipsos sobre o impacto dos anúncios em sequência, mostrou que esta estratégia melhora as métricas de Brand Lift, incluindo a lembrança da marca e intenção de consumo.

Quem Deve Gerenciar Campanhas de Storytellings

Se você já anuncia em uma agência de Links Patrocinados, talvez se pergunte se suas campanhas de storytelling estão sendo organizadas da melhor forma possível para exibição ao seu público-alvo.

Alguns aspectos são essenciais para que o valor investido nas storytellings traga retorno financeiro para você. Por exemplo, segmentação correta, domínio total da programação dos anúncios, e configurações precisas de Remarketing.

Por isso, estas suas campanhas precisam estar nas mãos de profissionais qualificados e aprovados pelo próprio Google Ads. O selo Google Partner é concedido somente às agências testadas e aprovadas pelo Google.

Esta certificação é indicativo de que tais agências possuem todas as qualificações necessárias para uma gestão de storytellings e outras campanhas publicitárias, com alto potencial de retorno financeiro.

Assim, você terá a segurança de que seus anúncios estão nas mãos dos profissionais mais qualificados para gerenciar suas storytellings.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.