Como Configurar os Destinos de Anúncios Dinâmicos | Clinks

Como Configurar os Destinos de Anúncios Dinâmicos

09/09/2014 Por: na Categoria Anúncios com 0 e 0
Home > Blog > Anúncios > Como Configurar os Destinos de Anúncios Dinâmicos

Destinos de Anúncios Dinâmicos permitem que anunciante segmente exibição dos Links Patrocinados considerando as categorias, URL, título e conteúdo das páginas

– Os anúncios dinâmicos da rede de pesquisa são Links Patrocinados gerados automaticamente pelo Google Ads, levando-se em consideração o conteúdo do website do anunciante.

– O fato do processo ser automatizado, isto não significa que é desnecessário qualquer intervenção do anunciante. A forma como o conteúdo do website será lido e o que será apresentado para o internauta dependerá dos segmentos de anúncios dinâmicos criados pelo anunciante.

– O Google Ads utiliza tipos de segmentos que são adicionados como Destino de Anúncios Dinâmicos. Para visualizá-las, é necessário acessar as Segmentações Automáticas e clicar em +Destino de Anúncio Dinâmico.

– Além da opção “Adicionar todas as páginas da web”, que inclui todas as páginas do domínio anunciado no Google, ainda é possível determinar 4 tipos de segmentos, alistados logo abaixo.

Adicionar destino de anúncio dinâmico

(Category) Categorias

– O Google AdWords analisa o website utilizando o índice de pesquisa orgânica. Com isso é possível determinar o conteúdo do website, e gerar automaticamente “categorias”. Por exemplo, uma imobiliária que anuncia no Google pode organizar seu conteúdo de modo que uma página específica contenha somente casas, ao passo que outra exiba apenas apartamentos. O Google Ads identifica estas categorias (“casa” e “apartamento”) e apresenta cada uma delas na configuração das campanhas. O anunciante pode então selecionar uma destas categorias, e o Google Ads gerará os anúncios dinâmicos relacionados.

URL

– Permite que o anunciante determine palavras, elementos ou strings do endereço URL que servirão de sinal para o Google Ads de que tais páginas podem ser anunciadas no Google. Por exemplo, uma imobiliária poderá determinar a string “apartamento”, e o Google exibirá os anúncios de páginas tais como www.anunciarimobiliarianogoogle.com.br/apartamento/principal/id=0101.

– Algo parecido pode ser visto na pesquisa orgânica com o uso do operador “inurl”.

Page_title (Título da Página)

– Segue-se o mesmo princípio do segmento URL. No entanto, neste caso, o Google Ads analisa o título da página para encontrar as palavras especificadas pelo anunciante. No menu suspenso, esta opção é denominada Page_title.

– O anunciante pode ter uma ideia do que isto significa utilizando o operador “intitle” na pesquisa orgânica.

Page_content (Conteúdo da Página)

– Neste segmento, a análise realizada pelo Google Ads se concentra em todo o conteúdo da página. O anunciante deve especificar em Page_content as palavras que deseja que o Google localize na página para que possa, em seguida, gerar os Links Patrocinados.

Concluindo

– É importante ter em mente que, se o site anunciado no Google disponibiliza ofertas diárias, os anúncios dinâmicos não são a melhor opção. Os Links Patrocinados dinâmicos foram desenvolvidos especialmente para websites com conteúdo excessivo, talvez com milhares de páginas, e também para sites com URLs bem estruturados. Neste caso, o uso estratégico deste tipo de anúncio, aliado à correta configuração dos destinos de anúncios dinâmicos, poderá facilitar o processo de gestão e contribuir para um tráfego adicional.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.