Como Definir um Orçamento Publicitário no Google Ads? | Clinks

Como Definir um Orçamento Publicitário no Google Ads?

07/01/2014 Por: na Categoria Dicas com 0 e 1
Home > Blog > Dicas > Como Definir um Orçamento Publicitário no Google Ads?

Quais são alguns métodos utilizados por anunciantes em Links Patrocinados ao planejar um orçamento publicitário? Que fatores devem ser considerados em sua criação?

– Ao planejar o orçamento que será alocado para divulgar um site no Google, cabe ao proprietário do site determinar quanto será investido e o que ele espera em termos de retorno financeiro. O custo com a publicidade é controlável, de modo que é preciso avaliar como cada centavo será empregado e quais meios digitais serão utilizados para divulgar os produtos e serviços na internet.

– Para quem está iniciando o investimento em publicidade digital, o planejamento orçamentário deve ser realizado imediatamente. Para quem já é um anunciante conhecido do Google Ads, o planejamento pode ser realizado no início de cada ano. Em ambos os casos, surgem questões importantes, tais como: quanto deve ser alocado para a publicidade? Como se certificar de que o investimento publicitário não ficará mal direcionado?

Métodos

– Não existe um método perfeito que pode ser aplicado a todas as empresas. Diversas variáveis entram em cena, como o ramo de negócios da empresa, sua penetração no mercado, além de outros fatores. Com isso, diferentes métodos são utilizados. Por exemplo, algumas empresas costumam utilizar a porcentagem dos lucros para determinar quanto investir em Links Patrocinados. No entanto, isto pode não ser interessante já que a queda nos lucros pode não estar diretamente relacionada às vendas, e sim devido a outros gastos que a empresa poderia cortar.

– Um outro método bastante utilizado, e mais justo, procura relacionar a porcentagem reservada à publicidade diretamente com as vendas. Assim, se as vendas aumentarem, a publicidade aumenta de forma correspondente. Se as vendas caírem, talvez o produto ou serviço divulgado não possua mais a mesma demanda de períodos anteriores, o que exigirá a diminuição de sua publicidade.

Sazonalidade

– De modo geral, os comerciantes e varejistas online devem realizar planejamentos customizados de acordo com o mês ou época do ano. Por exemplo, os meses relativos a datas comemorativas, ou períodos como o de férias, são épocas que costumam requerer um investimento maior, e isto precisa estar documentado no planejamento orçamentário anual.

– Para aqueles que já anunciam no Google, os períodos anteriores correspondentes permitem uma análise mais criteriosa quanto à relação investimento/lucro. Assim, a empresa pode determinar, por exemplo, quanto foi investido em Links Patrocinados durante as férias do ano anterior e quais foram os resultados alcançados. Isto permitirá ter uma visão mais clara quanto ao retorno que o investimento publicitário proporciona, sempre vinculando os custos aos resultados.

Ramo de Negócios

– Conhecer a relação entre publicidade e vendas do seu ramo de atuação também pode lhe servir de base ao planejar seu orçamento. No entanto, não baseie todo seu planejamento nestes números, nem copie cegamente seus concorrentes. Sua situação precisa ser analisada sob uma ótica individual, de acordo com a realidade de sua empresa.

– Desta forma, o anunciante do Google Ads deve determinar quanto quer e quanto pode gastar. Em termos simples, estes dois valores precisam ser iguais. Afinal, se gastar além do que tem condições, isto prejudicará as finanças da empresa; investir menos, resultará em menor visibilidade e vendas reduzidas.

– Uma vez determinado estes fatores, o anunciante consegue definir um valor que poderá gastar ao longo do ano, até mesmo considerando surpresas e gastos inesperados. Os orçamentos diários no Google Ads podem assim corresponder ao que a empresa pode investir, levando em consideração suas metas de publicidade. Ao trabalhar com orçamentos de publicidade mensal, lembre-se de calcular o orçamento diário em Links Patrocinados dividindo o orçamento mensal por 30,4 (que é o número médio de dias por mês).

Concluindo

– Lembre-se que o primeiro planejamento orçamentário é o mais difícil de ser construído. No entanto, cada segundo gasto em sua elaboração é vantajoso, já que lhe permitirá total controle. Além disso, quando um orçamento é realizado de forma profissional e responsável, ele servirá de base para a criação do planejamento no ano seguinte. Com isso, seus planejamentos se tornam a cada ano mais eficazes e mais simples de serem estudados e elaborados.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.