Como Melhorar as Experiências dos Clientes no Google Ads | Clinks

Como Melhorar as Experiências dos Clientes no Google Ads

27/08/2018 Por: na Categoria Anuncia no Google de forma autônoma com 0 e 5
Home > Blog > Anuncia no Google de forma autônoma > Como Melhorar as Experiências dos Clientes no Google Ads

Da exibição do anúncio à conversão na página de destino – veja o que está envolvido em oferecer uma boa experiência ideal para os clientes

As tecnologias influenciam diretamente o comportamento dos consumidores. Aquilo que eles encaram como relevante, como sendo de valor, é determinado por fatores como internet e mobile. E neste momento entra a necessidade de relevância e personalização.

Sim, estamos falando em criar um marketing com experiências personalizadas. O desafio maior, no entanto, ocorre quando a empresa gerencia as campanhas de Links Patrocinados, internamente, de forma autônoma. Afinal, os funcionários estão envolvidos em outras tarefas que impedem a dedicação exclusiva ao Google Ads. Ainda que haja esta exclusividade, a falta de experiência em um sistema complexo e extremamente competitivo dificulta estar a frente dos concorrentes.

Quer melhorar as experiências dos seus clientes ao interagir com sua empresa, desde a exibição do anúncio até a conversão em seu site? Então, é preciso considerar as respostas a algumas perguntas.

Como estão as experiências dos seus clientes ao serem impactados pelo seu marketing? As experiências estão otimizadas?

Veja o que é preciso para que estas experiências sejam realmente lucrativas.

Identificar o Que os Clientes Não Querem

O que clientes não queremAo definir o que é uma experiência envolvente, analise aquilo que seus clientes não querem. Não é preciso uma pesquisa profunda para descobrir isso. De modo geral, a resposta é bastante óbvia. Os clientes não querem:

  • Links Patrocinados que aparecem em momentos errados, fora de contexto;
  • Páginas de destino que não tenham relação com a intenção de pesquisa deles;
  • Páginas de destino complexas;
  • Páginas de destino pesadas e lentas.

Note que relevância envolve saber o que seus clientes querem, neste exato momento. Esta é a única forma de ajudar sua empresa a agir na hora certa, com a mensagem contextual perfeita.

Vamos pensar em um exemplo.

Analise cuidadosamente um termo de pesquisa do seu público-alvo, digitado no Google e que aciona um anúncio. O Link Patrocinado exibido está diretamente relacionado a esta pesquisa, sendo específico em oferecer a solução que o cliente procura? A página de destino deste anúncio, por sua vez, está diretamente relacionada com o Link Patrocinado e, obviamente, com a intenção de pesquisa do usuário? A página de destino é simples, rápida, facilitando o processo de conversão?

Note que estamos falando de um termo de pesquisa. Mas é bem provável que existam centenas ou milhares de palavras-chave responsáveis por disparar seus anúncios. Para cada um deles é preciso responder com “SIM” às perguntas citadas logo acima.

Parece complexo demais? Bem, é exatamente isso o que os seus clientes esperam. E acredite: muitos dos seus concorrentes podem estar, neste momento, realizando este trabalho delicado, e lucrando com ele. A diferença para muitas empresas é que elas se convenceram de que não poderiam realizar de forma eficiente este trabalho. Por isso, recorreram a uma agência de Links Patrocinados Google Partner.

Não Desperceber as Métricas Certas

Métricas valiosasQuando você gerencia suas campanhas no Google Ads, quais são as métricas que lhe chamam a atenção?

Muitas empresas se concentram apenas no óbvio. Analisam apenas métricas como posições médias, número de impressões e número de cliques.

Sim, não há dúvida que estas métricas são valiosas e não podem ser desconsideradas. Mas o Google Ads possui dezenas e mais dezenas de métricas. Se somarmos as métricas do Analytics, então, este número é multiplicado.

Certamente, há muita coisa escondida que não podemos desconsiderar. Existem métricas que exibem o real desempenho de um marketing focado em oferecer experiências perfeitas para os clientes.

Por exemplo, considere uma métrica focada no envolvimento e lealdade dos clientes, atribuindo um valor a cada um deles. É o Customer Lifetime Value ou Valor da Vida Útil do Cliente.

Esta métrica ajuda a compreender o valor dos usuários para sua empresa, levando em consideração o desempenho deles em diversas interações e sessões. Com base neste desempenho total, é possível identificar os clientes mais valiosos. Consegue-se também estimar quais são os clientes com maior probabilidade de realizar uma nova compra. Além disso, permite estimar, por exemplo, quanto lucro você deixará de obter caso um cliente passe a comprar do seu concorrente. Desta forma, é possível determinar o investimento exato para mantê-lo como seu cliente.

Analisar as métricas certas fará com que toda a jornada do consumidor seja visualizada, claramente. Você não ficará limitado aos últimos cliques. E esta estratégia é essencial para aumentar o valor de sua marca e impulsionar os lucros.

Aproveitar Todos os Sinais Comportamentais

Os dados sobre seus clientes estão disponíveis em grande escala na internet. Os sinais comportamentais do seu público-alvo é emitido por meio de sua navegação na web, uso do aplicativo corporativo de sua empresa e outros canais.

Estar atento a estes sinais permite compreender as necessidades de cada cliente, e gerar a melhor experiência para eles, desde a exibição do anúncio até a navegação e conversão nas páginas de destino.

Segmentar experiências de acordo com o comportamento em tempo real é o passo ideal para uma estratégia de sucesso.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.