Como Otimizar Suas Campanhas de Remarketing do Google AdWords | Clinks

Como Otimizar Suas Campanhas de Remarketing do Google AdWords

01/08/2012 Por: na Categoria Remarketing com 0 e 2
Home > Blog > Remarketing > Como Otimizar Suas Campanhas de Remarketing do Google AdWords

O Remarketing está lhe trazendo um bom retorno. Mas você deseja otimizar estas campanhas. O que poderá fazer?

– Encontrar seu público-alvo ao anunciar seu site no Google exige uma série de técnicas e conhecimento. Reencontrá-los poderá ser feito por meio do Remarketing. O Remarketing abre a possibilidade de você reencontrar pessoas que visitaram determinadas páginas em seu website. Isso acontecerá quando tais internautas estiverem navegando por outros sites que fazem parte da Rede de Display do Google AdWords.

– Como os profissionais do Google AdWords sabem, para que isto seja possível, é necessário inserir um pequeno código nas páginas de seu website. É este código que permitirá identificar quem esteve no seu site, e reencontrá-lo na Rede de Display. Em seguida, você cria uma lista de Remarketing, classificando e organizando todos os seus visitantes.

– Os códigos de Remarketing são executados para todos os usuários que visitam suas páginas onde foram inseridos, independentemente de qual seja a origem do tráfego: Links Patrocinados, pesquisa orgânica, cliques diretos, etc…

– Uma vez que você já tenha aplicado estes princípios, talvez se pergunte: como posso otimizar ainda mais minhas campanhas de Remarketing? As dicas abaixo podem lhe ser bastante úteis.

Diferencie Seu Público

– Uma forma de otimizar campanhas de Remarketing é diferenciar os públicos entre si. Por exemplo, você pode criar uma campanha cuja conversão esperada é que os usuários assinem seu feed de notícias. O fragmento do código pode ser colocado na página em que você agradece aos usuários que chegaram a realizar o processo, gerando uma conversão. No entanto, você também pode pensar na possibilidade de gerar um código diferente para aqueles que visitaram a página em questão, mas não assinaram o feed de notícias. Um público diferente, uma necessidade diferente, e que exigirá uma abordagem diferente da sua parte.

– No caso de ter oferecido um produto e o usuário não converteu, poderá assim segui-lo com anúncios de produtos similares, mas não os mesmos. Oferecer exatamente o mesmo produto para ele talvez não seja a opção mais apropriada.

Visitantes Únicos

– Outra dica é seguir usuários que visitaram seu website, porém, não mais voltaram com o passar de determinados dias. Como fazer isso? Basta gerar dois códigos de Remarketing. Um deles deve ter longa duração (digamos, 60 dias) e outro com curta duração (expira após 7 dias). Isso permitirá que você consiga identificar e seguir aqueles que não voltaram ao seu website em uma semana, após a primeira visita.

Ex-clientes

– Se o seu produto ou serviço é sazonal, você poderá criar campanhas de Remarketing para aqueles que já converteram na última temporada, oferecendo-os novamente na época corrente. Como já conhecem aquilo que você está oferecendo (e principalmente se estiverem contentes com a qualidade do que adquiriram), conseguir um clique em seu Link Patrocinado e uma conversão não será muito difícil.

Revenda com Promoções

– Para aqueles que já realizaram uma compra em seu website, ofereça a eles outros produtos ou serviços dando-lhes um desconto especial.

Varie, varie e varie

– Procure explorar e testar diversos tipos de banners. Varie as cores de fundo, tamanho das fontes, as imagens utilizadas, bem como as chamadas para ação (call-to-action) em seus Links Patrocinados. Também é importante que possua banners em diversos tamanhos, o que possibilitará um significativo aumento no número de impressões.

Bloquear Sites Que Não Rendem – Sim ou Não?

– Uma prática muito usada por aqueles que otimizam seu Remarketing é bloquear sites que não estão trazendo significativas visitas. Trata-se de uma opção válida. No entanto, considere que as pessoas que irão ver seus Links Patrocinados são pessoas que já conhecem seu website. Seus anúncios só serão exibidos para os usuários que você está seguindo, e não para qualquer um. Se este usuário clicará ou não no seu Link Patrocinado tem mais a ver com a imagem e a mensagem do anúncio, do que com o local na web onde ele se encontra.

Remarketing Comercial

Remarketing– Uma técnica não muito explorada, mas bastante interessante, é o Remarketing comercial. Você, sem dúvida, deve conhecer diversos sites que trabalham com assuntos diretamente relacionados aos seus produtos. Alguns de tais websites, fóruns ou comunidades possuem um tráfego gigantesco. O que diria da possibilidade de inserir seu código de Remarketing nestas páginas, fazendo uma campanha dirigida a este público tão interessado em seu produto?

– O processo para se realizar isto não é técnico. Na verdade, o que você precisa é entrar em contato com o proprietário do site e fazer um acordo para que permita que seu código de Remarketing seja inserido em tais páginas. Se a comunidade estiver voltada para os produtos que você está oferecendo, talvez não seja tão difícil estabelecer um acordo comercial.

– Atingindo com sucesso este acordo, e tendo implantado seu código de Remarketing em tais páginas, é interessante criar banners personalizados para usuários deste website, com uma Página de Destino especialmente desenhada para eles também.

– Como uma dica para otimização é importante destacar a necessidade de critério ao decidir quanto tempo insistirá em exibir determinado Link Patrocinado para um internauta, na Rede de Display. O melhor é especificar um tempo hábil para atingir o usuário e estimulá-lo à conversão, excluindo o anúncio em seguida.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.