Feeds de Anúncios Dinâmicos da Rede de Display | Clinks

Feeds de Anúncios Dinâmicos da Rede de Display

27/11/2014 Por: na Categoria Rede de Display com 0 e 2
Home > Blog > Rede de Display > Feeds de Anúncios Dinâmicos da Rede de Display

Feeds de anúncios dinâmicos são bancos de dados utilizados pelo Google Ads para gerar Links Patrocinados do Remarketing para a Rede de Display


– Os Anúncios Dinâmicos estão disponíveis para empresas que anunciam seu site na internet por intermédio da Rede de Display. Tais Links Patrocinados podem ser dinamicamente preenchidos por meio dos feeds de anúncios dinâmicos da Rede de Display. Trata-se de um inventário dos produtos ou serviços oferecidos pelo anunciante e que o Google Ads acessa para que os Links Patrocinados sejam construídos. Assim, os feeds associados às campanhas de remarketing dinâmico nada mais são do que bancos de dados que o Google Ads utiliza para gerar anúncios dinâmicos e que serão exibidos em toda a internet.

Como Enviar Feeds de Anúncios Dinâmicos Para a Rede de Display

– Para realizar o upload do feed de anúncios dinâmicos, o anunciante deve seguir os passos abaixo:

  • Acessar a opção Dados da Empresa na biblioteca compartilhada do Google Ads;
  • Clicar em +Dados;
  • Escolher a opção Feed de Anúncios Dinâmicos da Rede de Display;
  • Escolher o tipo de feed que representa os produtos e serviços anunciados pela empresa.

Escolher feed de dados dos produtos ou serviços anunciados

– Após isto, o anunciante deve fazer o upload do arquivo de feed nos formatos .csv, .tsv, .xls, ou .xlsx. O arquivo deve estar dividido em linhas e colunas, sendo as linhas ocupadas pelos diferentes produtos ou serviços, e as colunas utilizadas para os atributos (por exemplo, preços, destinos, descrições, etc). Se após o envio, o anunciante desejar adicionar uma coluna contendo um novo atributo, neste caso, será necessário criar um novo feed.

Feeds dinâmicos da Rede de Display– A tarefa não está concluída: ainda é necessário acompanhar o feed para verificar se não ocorrem erros após o upload ou após o processamento. O Google Ads adverte que é possível que erros de imagem (formato ou tamanho inválido) ou endereço (URL inválido) fiquem visíveis somente após 3 ou 4 horas.

– Se preferir, a fim de otimizar o seu tempo, o anunciante pode utilizar a API do Google Ads para adicionar, remover ou atualizar os feeds dinâmicos da Rede de Display.

– Por fim, pensando na boa experiência dos usuários da internet, o Google realiza uma análise dos dados enviados via feed, segundo suas políticas de publicidade. Portanto, os itens só serão exibidos nos Links Patrocinados correspondentes a partir do momento que forem aprovados para veiculação.

Tipos de Feeds de Anúncios Dinâmicos da Rede de Display

– O Google Ads disponibiliza alguns tipos de feeds que correspondem ao que a empresa deseja anunciar em seu Remarketing dinâmico. Os tipos de feeds são: educação, voos, empregos, ofertas locais, imóveis, varejo, viagens, hotéis e aluguéis. Se estes tipos de empresa não corresponderem aos produtos ou serviços anunciados, neste caso, deve-se escolher o feed “Personalizado”.

Concluindo

– Este tipo de gerenciamento de anúncios é um auxílio para gerar Links Patrocinados de forma mais rápida para promoção de produtos e serviços no Remarketing Dinâmico. Os feeds de anúncios dinâmicos da Rede de Display são recursos estratégicos para garantir economia de tempo e gestão eficiente das campanhas publicitárias ao anunciar na internet.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.