Google Shopping Supera Anúncios de Produtos da Amazon | Clinks

Google Shopping Supera Anúncios de Produtos da Amazon

26/02/2013 Por: na Categoria Google Ads com 0 e 0
Home > Blog > Google Ads > Google Shopping Supera Anúncios de Produtos da Amazon

Após o novo modelo de Links Patrocinados pagos do Google Shopping, o que mudou na disputa com a gigante Amazon?

– A transição do Google Shopping para uma nova experiência com base nos anúncios da lista de produtos causou um grande impacto no mundo do comércio eletrônico. Os anunciantes que até então divulgavam seus produtos gratuitamente no Google Shopping precisam criar uma campanha de Links Patrocinados na lista de produtos, a fim de continuar gerando tráfego para suas lojas virtuais.

– A experiência foi testada em alguns países até as mudanças serem implementadas no Brasil. A mudança ofereceu a mesma experiência de alta qualidade para os consumidores, bem como resultados satisfatórios para os anunciantes. De que forma esta transição afetou o comércio on-line dos dois grandes nomes do varejo mundial, Google Shopping e Amazon? Veja o que o Google ganhou e perdeu com o abalo causado por estas mudanças que passaram a ser progressivamente implementadas em 2012.

– Um relatório da CPC Strategy fez uma análise comparativa entre mais de 6 milhões de cliques, e dados de mais de 200 anunciantes dos dois varejistas on-line. O estudo avaliou as métricas mais importantes, tais como Custo Por Clique (CPC), tráfego, custo por conversão e receitas, e comparou os resultados.

CPC

– Embora o Google Shopping agora seja pago, segundo este novo modelo, ainda assim é notadamente mais barato do que os anúncios de produtos da Amazon. Segundo o relatório, até o final do ano de 2012, a média do CPC dos Links Patrocinados do Google Shopping é $0,30 contra $0,40 da Amazon.

Tráfego

– Os Links Patrocinados do Google Shopping trouxeram mais tráfego para os anunciantes do que seu maior rival, a Amazon. Especialmente a partir de setembro de 2012, após o novo modelo pago, o Google Shopping dominou com larga vantagem a disputa neste quesito, chegando a enviar 143,9% mais tráfego para os anunciantes.

Taxas de Conversão

– Comparando as Taxas de Conversão dos dois grandes varejistas, a Amazon sai na frente. A taxa de conversão da Amazon subiu de 1,8% no final de 2011 para 2,8% no mesmo período de 2012, um aumento de 57,5 por cento em um ano. Durante o mesmo período, o Google Shopping teve uma queda de 22,53 por cento.

Custo Por Conversão

– Quando se compara o custo pago pelos anunciantes para cada uma das vendas realizadas, o Google Shopping oferece mais vantagens. Por exemplo, segundo a imagem abaixo, um anunciante divulgando seus produtos nos Links Patrocinados do Google Shopping, no último quarto de 2012, pagou em média $11,30 para cada $100,00 em vendas.


– O formato para divulgar produtos no Google Ads beneficia consumidores e varejistas. Os consumidores podem consultar preços, avaliações de outros usuários sobre os produtos e sobre os varejistas. E os anunciantes tem maior controle sobre o tráfego e suas listas de produtos. O objetivo do Google é conquistar o espaço de outros grandes concorrentes, como a Amazon, e garantir que as experiências dos usuários sejam as melhores possíveis. Por isso, divulgar seus produtos no Google Ads é o único caminho para quem quer conquistar espaço no cenário virtual e aumentar suas vendas.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.