O Google Ads Acabará Com o Not Provided? | Clinks

O Google Ads Acabará Com o Not Provided?

09/09/2013 Por: na Categoria Google Ads com 0 e 0
Home > Blog > Google Ads > O Google Ads Acabará Com o Not Provided?

Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica do Google Ads dribla recurso de privacidade (not provided) ajudando anunciante a conhecer melhor seu público

– Os webmasters estão familiarizados com o termo “not provided” em seus relatórios de palavras-chave no Google Analytics, relacionado às pesquisas orgânicas. O “not provided” surgiu no final de 2011 após mudanças nas políticas do Google, que visavam proteger a privacidade dos usuários logados em suas contas do Gmail, YouTube, Google+, etc. Inicialmente, uma pequena porcentagem das pesquisas estavam catalogadas como “not provided”.

– No entanto, a ascensão da popularidade dos produtos Google, o consequente crescimento da navegação logada dos usuários, e a preocupação com a privacidade fazem com que o número de termos disparados em navegações privativas (not provided) cheguem a 50 ou 60% ou mais, dependendo da indústria. E os números continuam a aumentar.

Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica, e os (Not Provided)

– O relatório de pesquisa paga e orgânica do Google Ads, integrado às ferramentas do Google para Webmasters, permitem que os anunciantes visualizem quais termos de consulta tem sido utilizados pelos usuários, e a relação de impressões e cliques nos resultados orgânicos e patrocinados. Trata-se de um relatório que permite visualizar e comparar o desempenho do resultado orgânico e dos Links Patrocinados, ajudando o anunciante a melhorar suas listas de palavras-chave.

– No Google Ads, os termos de consulta utilizados pelos usuários são apresentados sem restrições. Consequentemente, a presença massiva do Not Provided parece “empurrar” os webmasters para dentro da plataforma do Google Ads, ainda que estes não sejam anunciantes nos Links Patrocinados.

Qual o Motivo do Crescimento do Not Provided

– Esta talvez seja uma forma de fortalecer a presença do sistema do Google Ads na mente das empresas e produtores de conteúdo. Uma medida que não deixa de incomodar alguns que acreditam que o Google deveria bloquear tudo (aplicando a mesma regra ao sistema de Links Patrocinados) ou então, liberar tudo (abolindo o not provided do Google Analytics).

– Conforme mencionado, em um cenário em que cresce o número de Not Provided, o que seria de uma indústria caso este número chegasse aos 100%? Como otimizar o desconhecido?

– Por outro lado, as ferramentas disponibilizadas pelo Google Ads e Google Para Webmasters permitem acompanhar quais são os termos de consulta que estão trazendo tráfego para o site não somente por meio dos cliques nos Links Patrocinados, mas também pelas visitas originadas nos resultados orgânicos.

– Elementos convidativos para que as empresas considerem com maior interesse a necessidade de anunciarem seu site no Google.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.