O Que São First-Party Data e Third-Party Data? | Clinks

O Que São First-Party Data e Third-Party Data?

18/07/2018 Por: na Categoria Ferramentas com 0 e 7
Home > Blog > Ferramentas > O Que São First-Party Data e Third-Party Data?

As fontes de onde os dados são obtidos são conhecidos como First-Party e Third-Party Data. Qual a diferença entre eles? E qual a relação do Google Ads com tais dados?

Ouvimos falar sobre dados todos os dias. Eles são a essência de campanhas de marketing digital eficazes. São utilizados para compreensão do público-alvo e segmentação de campanhas que atinjam os usuários no momento certo, durante a jornada de conversão.

Seu valor é indiscutível. Por isso, dados de qualidade estão sendo obtidos a todo momento. As fontes de absorção destes dados são diversas, por isso, surgiram termos para defini-las.

É a partir deste universo que surge o conceito de dados conhecidos como First-Party Data e Third-Party Data. Você sabe a diferença de cada um deles?

First-Party Data

First-party dataEstes são os seus dados, os mais valiosos, diga-se de passagem. Estes dados são coletados por sua empresa por meio de campanhas de marketing digital, sistemas de CRM, interações com redes sociais, aplicativos corporativos, etc.

Visto que a fonte destes dados são a própria empresa, eles são os mais confiáveis e de maior qualidade.

Estes dados permitem que sua empresa crie campanhas publicitárias altamente personalizadas. Por exemplo, é graças aos dados First-Party que as campanhas de Remarketing do Google Ads são tão eficientes. Utilizando dados dos usuários (coletados pela própria empresa) é possível exibir uma publicidade altamente segmentada para aqueles que visitaram o site, mas não converteram.

A única restrição oferecida por estes dados é que eles estão limitados a interação entre o cliente e empresa. Ou seja, dados sobre o comportamento de consumidores que não estejam se relacionando com sua empresa não são coletados. É aí que entra os dados de terceiros.

Third-Party Data

third-party dataOs dados de terceiros (Third-Party Data) também são informações sobre o comportamento do público-alvo. A diferença é que são coletados por entidades que não possuem relacionamento direto com os consumidores. Tais plataformas fornecem aos editores e websites informações comportamentais sobre hábitos de pesquisa e navegação do público-alvo. Aí também estão incluídas suas informações demográficas. Assim, com estas informações vindas de terceiros e sobre um público mais amplo, é possível criar perfis de audiências destes usuários.

Os dados Third-Party são coletados a partir de uma grande massa, e usados para classificar as pessoas em grupos, como viajantes ou fãs de música. São usualmente utilizados por plataformas programáticas, como o Google Ad Manager. Com eles, as empresas ampliam o alcance por segmentar novas personas de interesse para seus negócios.

First-Party e Third-Party – Qual o Melhor?

Como já mencionado, os dados First-Party são mais confiáveis e de melhor qualidade. Por isso, seu uso em campanhas de Links Patrocinados do Google Ads são bastante eficazes. O Google Ads utiliza dados comportamentais dos usuários para garantir uma entrega de anúncios relevantes para seu público-alvo.

Mas as informações de terceiros podem ser usadas para ampliar o alcance da publicidade.

Na verdade, quanto maior o número de dados sua empresa tiver (dados de qualidade, evidentemente) melhor serão os esforços de marketing. Dados coletados por meio da internet ou por meio de sistemas CRM devem ser utilizados de forma estratégica para garantir um alcance mais segmentado.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.