Política Google AdWords: Afiliação Implícita

Políticas Google AdWords: Afiliação implícita

Home > Políticas Google AdWords > Políticas Google AdWords: Afiliação implícita

Políticas Google AdWords: Afiliação Implícita

 

Políticas Google AdWords Afiliação ImplícitaO Google não fornece detalhes quanto a que fator específico que um anúncio de Link Patrocinado foi reprovado. Muitos anunciantes recebem um e-mail enviado pelo Google afirmando que a conta possui violações da política de publicidade. Se receber um e-mail assim, não o ignore, pois você pode ter sua conta desativada, caso a violação continue. A melhor forma de se evitar tais problemas e posteriores dores de cabeça, é compreender a fundo as políticas do AdWords para poder segui-las com rigor.

– Uma destas regras é a proibição da Afiliação Implícita. Você sabe o que significa isso? “Afiliação” tem a ver com tornar-se membro ou sócio de um grupo. “Implícito” quer dizer subentendido, que está envolvido, embora, não declarado de modo claro. Em publicidade, incluindo os links patrocinados do Google AdWords, significa que uma empresa dá a entender que possui alguma ligação ou parceria com outra, sendo que tal declaração não tem procedência.

– Por exemplo, digamos que você seja o proprietário de uma loja de calçados. Você resolveu colocar todos os tênis da marca Nike, em promoção. Você pode utilizar a marca Nike em seu anúncio? Não haverá problemas se o anúncio for algo como: “Promoção de 20% de desconto em todos os tênis da marca Nike”. Esta declaração não sugere nenhuma afiliação com a marca, exceto o fato de você comercializar os produtos da Nike. Mas analise agora o seguinte anúncio: “Oferta Especial da Nike. Todos os tênis com 20% de desconto”. Note que a ideia subentendida no anúncio é que a oferta procede da Nike, podendo até mesmo induzir o usuário a acreditar que o link do anúncio o levará a uma página de destino criada pela própria marca. Este tipo de sugestão enganosa, ainda que desintencional, é proibida pelo Google.

– Algumas empresas tentam se valer de afiliações implícitas de forma tão clara, que poderia ser apropriadamente chamado de “Afiliação Explícita”. Expressões como “Indicado por” ou “Recomendado por” são proibidas. Evidentemente se sua empresa realmente for indicada ou recomendada por alguma outra empresa, isso seria permitido. Por exemplo, ao acessar a página de notebooks e netbooks da Samsung , temos a frase “A Samsung recomenda o Windows 7”. Se a Microsoft desejar fazer um link patrocinado com o texto: “Compre o Windows 7 – Recomendado pela Samsung”, o anúncio seria aprovado

Veja alguns termos que sugerem afiliação implícita:
– Indicado por…
– Recomendado por…
– Oferta Especial de…
– Patrocinado por…

– Agora analise o seguinte texto de anúncio: “Contrate os serviços da Clinks – Parceiro Certificado Google AdWords”. Você acha que este anúncio seria aprovado pelo Google? Sim, ele seria aprovado. O Google autoriza que seus parceiros certificados utilizem sua marca registrada nos anúncios. Agências e profissionais que não sejam certificados, no entanto, não podem subentender em seus anúncios que possuem parceria com o Google.

Desta forma, sempre que se deparar com um link patrocinado sugerindo que determinado produto ou serviço está afiliado a outra empresa, com base nestas políticas de publicidade, você pode confiar que esta associação é verdadeira.

Políticas Google AdWords - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google AdWords explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.