Políticas Google Ads: Aparelhos Para Trânsito - CLINKS

Políticas Google Ads: Aparelhos de trânsito

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Aparelhos de trânsito

Políticas Google Ads: Aparelhos de Trânsito

 

Políticas Google Ads Aparelhos de Trânsito– Independente de você possuir um GPS ou não, talvez já tenha ouvido falar que os mesmos podem alertar a proximidade de radares. Ou talvez já tenha ouvido falar de softwares para smartphones, como o iRadar, que servem ao mesmo objetivo. Alguns acreditam que tais aparelhos são mecanismos para se burlar a lei, enquanto outros defendem-nos dizendo que os mesmos são benéficos, já que farão motoristas diminuírem a velocidade em trechos perigosos. Não iremos entrar nos méritos (ou falta destes) de tais aparelhos e aplicativos. Nosso objetivo é mostrar como o Google encara a tais, ajudando os interessados a criarem anúncios que passem pelo “pente fino” do Google Adwords, e sejam aprovados.

– No exemplo acima, citamos GPS e aplicativos detectores de radares. O Google Ads permite a divulgação de tais através dos links patrocinados. Algumas empresas disponibilizam o banco de dados dos radares existentes no país, e estes também estão liberados para divulgação no Brasil. O Google Ads está entre aqueles que entendem que tais produtos não são meios ilegais para se ludibriar as leis vigentes no país.

– No entanto, há uma diferença gigantesca entre detector de radar e antirradar. Antirradares também são conhecidos como bloqueadores de radar. Os mesmos emitem ondas que interferem no sinal do radar, prejudicando a leitura correta da velocidade do veículo. Estes estão, sem sombra de dúvida, na classificação ilegal do artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, parágrafo III, onde se diz “Conduzir veículo com dispositivo antirradar”.

– Na mesma lista de produtos que interferem na aplicação das leis de trânsito e são proibidos podemos também citar os sprays para placas de carros. Quaisquer referências a antirradares, sprays e similares no link patrocinado (ou no website) levará o Google a desaprovar o anúncio.

– No entanto, ainda que você esteja comercializando aplicativos identificadores de radares legais ou GPS, é preciso tomar cuidado com as expressões utilizadas em seus anúncios. Lembre-se que, para muitos, a linha que separa detectores de radar e antirradares é muito tênue. Portanto, cautela na escolha das palavras.

– Por exemplo, analise o anúncio de um GPS que utilizasse o seguinte texto: “Use este GPS, e escape das multas”. Considere o segundo verbo do anúncio “escapar”. Este verbo transmite a ideia de “se safar ou se livrar de algo”, como por exemplo, uma punição merecida. Só tentará “escapar” de uma multa aqueles que violaram a lei. O texto, assim, transmite a ideia de que o produto burla a lei de trânsito.

– Isto evidencia a necessidade de uma atenção redobrada do anunciante. Não basta apenas promover produtos e serviços legalizados. É preciso cuidar de que as palavras escolhidas não transmitam exatamente a ideia contrária.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.