Políticas Google Ads: Arbitragem - CLINKS

Políticas Google Ads: Arbitragem

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Arbitragem

Políticas Google Ads: Arbitragem

 

Políticas Google Ads Arbitragem– Como seu site lhe traz rentabilidade? Talvez você venda serviços ou comercialize os mais diversos produtos. Há outros que obtém toda sua receita através de anúncios, que vão desde o programa de AdSense até banners animados. Não precisamos navegar muito na internet para nos depararmos com sites que se preocupam mais com os anúncios do que o conteúdo, propriamente dito. No entanto, para que sites assim consigam lucrar, eles precisam obviamente de tráfego. E visto que, também no mundo online, todos os segmentos possuem ampla concorrência, não é tarefa fácil conseguir um bom volume de visitas. Por isso, alguns proprietários de tais sites pensam na possibilidade de comprar este tráfego, como por exemplo, através do Google Ads.

– Este planejamento, porém, redundará em nada já que o Google Ads não permite esta prática. No mundo do marketing digital, isto é chamado de Arbitragem. Consiste em ter um website com a única ou principal finalidade de exibir anúncios. Um site assim certamente não agradará a um usuário que pesquisa por alguma informação relevante. Algumas páginas chegam a espremer seu pobre conteúdo em meio a um arsenal de publicidade estática ou em movimento, sem falar nos famigerados e insistentes pop-ups. Por esta razão, o Google Ads não permite este tipo de promoção nos links patrocinados – zelando pela navegação fácil e suave de seus internautas.

– A mesma regra se aplica aos anúncios intersticiais. Nome difícil, mas uma prática não tão estranha assim. “Interstício” quer dizer intervalo, fenda. Alguns sites exibem anúncio no “intervalo”, por assim dizer, entre a página de pesquisa e a página de pouso. Seria como um interlúdio. Antes do usuário ser conduzido à página desejada, é exibida uma outra página, que contém desde textos até vídeos e animações. A publicidade é exibida durante alguns segundos e, em seguida, o usuário é redirecionado para a página desejada.

– Alguns utilizam anúncios intersticiais para manter suas páginas menos “poluídas” com publicidade. Outros fazem uso de tais anúncios com a intenção de forçar o usuário a prestar atenção neles. Independente de qual seja a motivação do proprietário do site, o Adwords não aprova anúncios patrocinados que direcionem os internautas para páginas com anúncios intersticiais.

– Se seu anúncio patrocinado for reprovado, procure analisar a essência do seu website. Você não estaria dando ênfase demasiada à publicidade, e relegando o conteúdo para segundo plano? Caso perceba isso, a solução apropriada é diminuir os anúncios ou, no caso de existirem anúncios intersticiais, removê-los por completo.

– Quando você preza pela qualidade e conteúdo relevante em seu website, todos acabam ganhando: o Google, o usuário e você.

 

 

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.