Políticas Google Ads: Drogas Ilegais - CLINKS

Políticas Google Ads: Drogas ilegais

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Drogas ilegais

Políticas Google Ads: Drogas Ilegais

 

Políticas do Google Ads sobre Drogas Ilegais falam sobre drogas, acessórios e métodos ou substâncias para antidoping

– O Brasil já está em sua terceira legislação referente ao tópico. Embora seja um tema polêmico, a lei que vigora desde 2006, classifica tanto o consumo de drogas ilegais quanto a sua comercialização como crimes, embora em níveis bastante diferentes.

– A política de conteúdo do Google Ads possui um tópico trazendo esclarecimentos sobre o que é permitido e proibido no que se refere às drogas. A veiculação de links patrocinados que apontam para sites que promovem drogas ilegais é terminantemente proibida. Ou seja, qualquer site que promova o consumo de maconha, cocaína, crack, haxixe, etc, não terá a oportunidade de ser difundido no Google Ads.

– As proibições não se limitam a comercialização de drogas ilegais, mas abrangem outros segmentos. Um destes refere-se aos métodos e substâncias para passar em testes de drogas, ou antidoping. Um website não será aprovado no Ads se apresentar fórmulas ou aditivos para os exames de urina que, suposta ou comprovadamente, habilitem alterar o resultado. As diretrizes do Google Ads especificam que as “ajudas para passar em testes de drogas não são permitidas”.

– Já os laboratórios que realizam os exames toxicológicos tem permissão para anunciar, normalmente.

– E o que dizer de itens e acessórios para uso de drogas? Maricas são acessórios utilizados por dependentes químicos para o consumo de diversas drogas ilegais. Vários vaporizadores voltados para este consumo, também tem aparecido no mercado mundial. Nenhum destes acessórios podem ser veiculados nos anúncios patrocinados.

– No entanto, nem todos os vaporizadores possuem esta finalidade infratora da lei. Existem os vaporizadores umidificadores de ar e os utilizados em aromaterapias (ramo da fitoterapia) que podem ser comercializados em landing pages e anunciados nos links patrocinados. Tanto que se você fizer uma busca rápida no Google pela palavra-chave “vaporizador”, encontrará diversos anúncios patrocinados.

– No tocante a esta política de publicidade, o Google Ads também especifica que é proibida a promoção de drogas herbáceas. Isto significa que é proibido a veiculação de anúncios sobre sálvia e cogumelos, por exemplo.

– Também, em suas políticas de conteúdo, o Google anuncia que “permite a promoção de acessórios que fazem referência a drogas, como camisetas, cartazes, canecas etc.”

– Estas regras de publicidade do Google Ads visam respeitar os usuários e os regulamentos legais em vigor.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.