Políticas Google Ads: Malware - CLINKS

Políticas Google Ads: Malware

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Malware

Políticas Google Ads: Malware

 

Algumas Atividades Realizadas Por Aplicativos em um Website Podem Ser Classificadas Como Violação da Política do Google Ads

– Segurança é um princípio levado muito a sério pela equipe do Google Ads. A difusão de métodos usados para o roubo de informações confidenciais faz com que a equipe do Google esteja em constante alerta para evitar que seus anúncios patrocinados conduzam usuários para sites infectados. Para isso, o Google Ads utiliza-se de regras rígidas, porém necessárias, para conter a falta de segurança existente no mundo virtual. A análise realizada em seus Links Patrocinados vai além do conteúdo do anúncio ou da página de destino, mas é feito um exame detalhado do código do website para constatar se existe ou não a presença de códigos maliciosos.

– Dentro de suas políticas de conteúdo, o Google Ads criou a política Malware. Esta palavra refere-se a aplicativos maliciosos que tem como finalidade obter informações confidenciais do usuário do computador, bem como fraudar ou realizar o envio de spam. Independente de qual seja a atuação do software, em resumo, ele visa prejudicar os usuários.

– Caso seu website esteja contaminado com um malware, é provável que você nem tenha se dado conta disso. Isto porque a contaminação ocorre de diversas formas, desde o download de um template para seu website até a codificação instalada para aplicativos no mesmo.

– No entanto, na avaliação que o Google Ads realiza em suas páginas, este tipo de problema é detectado. Caso seja identificado um malware, o Google Ads irá suspender sua conta, temporariamente, e você receberá um e-mail com a notificação sobre a violação da política de publicidade. É de sua total responsabilidade a remoção de qualquer software malicioso em suas páginas. O Google não realizará este tipo de procedimento. No entanto, o Google Ads sugere algumas ferramentas para identificar e remover itens nocivos do seu website, entre elas: o VirusTotal e o StopBadware.

– Uma vez que tenha efetuado a remoção do malware em sua página, não se dê por satisfeito. Agora, você precisa identificar a vulnerabilidade em suas páginas que possibilitou este problema. Do contrário, o website continuará vulnerável, sujeito a novas infecções – o que levará a maiores punições por parte do Google Ads, incluindo a suspensão definitiva de sua conta. Se necessário, solicite a ajuda de seu webmaster e do seu provedor de hospedagem.

– Finalizado este processo, ainda não é a hora de reenviar seus anúncios para análise. Primeiramente, é impreterível solicitar uma análise de malware, disponível entre as Ferramentas do Google para webmasters. Não reenvie seus anúncios para o Google Ads antes de realizar este teste.

– Em resumo, passe um pente fino em seu website para garantir que ele ofereça segurança aos seus usuários, algo terminantemente exigido pelas diretrizes de publicidade do Google Ads.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.