Políticas Google Ads: Marcas Registradas - CLINKS

Políticas Google Ads: Marcas registradas

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Marcas registradas

Políticas Google Ads: Marcas Registradas

 

Políticas Google Ads Marcas registradas– Segundo as políticas de publicidade do Google Ads é proibida a violação de propriedade intelectual. De modo que os anunciantes são responsáveis para cada palavra utilizada na exibição de seus Links Patrocinados. Pode parecer tentador utilizar uma palavra-chave do seu ramo que é digitada milhares de vezes por dia, mas se for constatada esta violação, o anúncio será retirado do ar, e o anunciante será proibido de utilizar tal palavra novamente. A infração também poderá levar à suspensão da conta.

– O Google Ads costuma receber muitos questionamentos por parte dos anunciantes em relação às marcas registradas. Alguns perguntam se é possível proteger determinado termo específico, e outros querem saber como é possível utilizar um termo que já esteja registrado por outra empresa (no caso de revendedores, por exemplo).

– Vamos à primeira situação. Você possui uma marca devidamente registrada no INPI e quer protegê-la, já que outros, talvez até concorrentes diretos, estão utilizando-a. Para isso você deverá preencher o formulário onde o Google Ads lhe solicitará diversas informações necessárias para a ativação do seu pedido. Para preencher este formulário e proteger uma marca não é necessário que você seja um usuário do Google Ads. Porém, caso seja, é necessário especificar o ID de sua conta. Do contrário, o Google Ads reprovará seus próprios anúncios.

– É importante destacar que este sistema de publicidade é baseado no formato texto. Por isso, o Google Ads não investigará marcas registradas que incluam elementos de design. O Google Ads também não impede o uso de marcas registradas como palavras-chave.

– Você também não poderá criar regras para o uso de sua marca no corpo do Link Patrocinado (digamos, proibir que ela seja usada durante determinada época do ano, ou somente quando relacionado um conteúdo do anúncio). Em outras palavras, ou permite ou proíbe. Lembrando que esta solicitação só poderá ser feita pelo proprietário da marca ou por filiais devidamente autorizadas pelo proprietário.

– E no caso de você ser um revendedor e precisar utilizar a marca registrada em seus anúncios? Digamos que você venda equipamentos de informática, e está com uma promoção para um notebook da Dell. Bem, Dell é uma marca registrada, e você precisará de autorização para o uso dela. Neste caso, você deve entrar em contato com quem solicitou a proteção da marca e (importantíssimo) passar o ID de sua conta Ads para liberação. (Caso não saiba quem solicitou a proteção, entre em contato com o departamento de marketing da empresa). O detentor da marca, por sua vez, entrará em contato com o Google Ads para liberar o uso da marca registrada para o ID específico, fornecido por você. Ele fará isso através da Solicitação de Autorização de Terceiros.

– Em conclusão, lembre-se que ainda que o Google Ads não corresponda às suas expectativas, no tocante ao julgamento do uso indevido de sua marca registrada, você ainda poderá acionar os meios legais tradicionais para protegê-la.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.