Políticas Google Ads: Produtos e Serviços Ilegais - CLINKS

Políticas Google Ads: Produtos e serviços ilegais

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Produtos e serviços ilegais

Políticas Google Ads: Produtos e Serviços Ilegais

 

As Políticas Google Ads Mencionam Esquemas de Trabalho em Pirâmide e Operadoras Financeiras em Produtos e Serviços Ilegais– Se o produto comercializado pelo anunciante for classificado como ilegal pelas leis do país, evidentemente, não terá autorização para ser veiculado nos links patrocinados do Google Ads. Na sua página de políticas de publicidade, o Google Ads mostra alguns exemplos do que seriam considerados produtos ou serviços ilegais. A primeira vista, pode até parecer exagero citar cocaína e comércio de órgãos humanos como exemplo de práticas e produtos condenáveis. Mas, acredite: anúncios desta natureza costumam ser enviados para análise do Google Ads. A empresa comunica que já recebeu anúncios promovendo desde a venda de cartões de crédito falsos, até mesmo o comércio de drogas ilegais, como a maconha.

– Por esta razão, através de mecanismos automatizados e de análise humana de seus profissionais, todos os anúncios passam por um rigoroso critério para obter aprovação. Principalmente devido ao primeiro mecanismo, é importante cuidar de suas palavras-chave no anúncio e na página de pouso. O uso de referências a serviços ilegais, ainda que não haja promoção ou apologia a estes, pode incorrer numa penalidade automática do Google Ads, o que exigirá contato com o suporte para reavaliação do anúncio.

– Esquemas de venda que seguem o padrão piramidal integram a lista dos Produtos e Serviços Ilegais por constituírem crime contra a economia popular. Tais esquemas são enquadrados no Decreto Lei 2.848 do Código Penal sob penas aplicáveis.

– No entanto, se o seu ramo de negócios é o marketing multinível, este poderá ser veiculado nos links patrocinados após avaliação da equipe do Google Ads. Existem diversos fatores que diferenciam o marketing multinível do marketing piramidal – ganhos proporcionais ao esforço são características do primeiro ramo, ao passo que no esquema de pirâmide, aquele que entrar antes é o que ganha mais. Além disto, o marketing multinível contribui para a economia recolhendo impostos e gerando oportunidade de renda para autônomos, estando devidamente registrado junto aos órgãos públicos competentes. Se o seu ramo de vendas diretas não se enquadra nestes requisitos, certamente será reprovado pelas normas de conteúdo da política Produtos e Serviços Ilegais do Google Ads.

– Outro item destacado como proibido na categoria Produtos e Serviços Ilegais é a promoção ou referência ao E-Gold. O que significa esta prática? Trata-se de uma moeda existente somente na internet. Em 2007, o Google Ads anunciou que websites que promovessem a moeda deveriam mudar seu conteúdo sob pena de terem os anúncios suspensos. Não houve argumentos, mas talvez o Google Ads tenha feito tais alterações numa tentativa de coibir práticas ilegais na internet, já que muitos websites promotores destas são sustentados através do mercado do E-Gold. Assim, se você possui um e-commerce, e deseja anunciar no Google Ads, não poderá utilizar o E-Gold nas transações comerciais em seu website.

– Especificamente com relação ao Brasil, existe uma ressalva quanto ao anúncio de operadoras financeiras. Empresas deste ramo podem ter seus anúncios patrocinados veiculados pelo Google Ads somente se estiverem autorizadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Caso não tenha a autorização deste órgão competente tampouco a receberá do Google Ads.

– O Google Ads criou estes termos e condições para proteger seus usuários e se manter em conformidade com as leis locais.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.