Políticas Google Ads: Remarketng | Clinks

Políticas Google Ads: Remarketing

Home > Políticas Google Ads > Políticas Google Ads: Remarketing

Políticas Google Ads: Remarketing

 

Políticas-de-Publicidade-do-Google-Ads-Referente-ao-Remarketing

Saiba o que pode e o que NÃO pode quando usar o Remarketing

– O remarketing do Google Ads é uma forma de você apresentar anúncios relevantes para usuários que já visitaram seu site, em outra ocasião, fortalecendo ainda mais sua presença na internet, e aumentando suas chances de venda.

– Porém, para colocar seus Links Patrocinados nas estratégias de remarketing do Google Ads é necessário cumprir alguns requisitos. Este artigo trata das políticas de publicidade do Google Ads referente a esta campanha de publicidade on-line.

– Um dos requisitos para campanhas de remarketing no Google Ads é alterar as políticas de privacidade do seu próprio site. Seus usuários precisam estar cientes de que você utiliza o remarketing como uma forma de alcançá-los em outros sites, tentando trazê-los de volta às suas páginas. Isso quer dizer que você não pode usar o remarketing como uma estratégia oculta. Além de mencionar o uso que você faz desta ferramenta, você precisa descrever como este processo é realizado, ou seja, com base no uso dos cookies de publicidade instalados nos navegadores. Nestas mesmas políticas de privacidade do seu site você deve mencionar que, caso os usuários não desejem que seus interesses sejam armazenados, eles podem desativar o uso de cookies de seus navegadores, em qualquer momento.

– Além destas informações em seu site, você precisa respeitar outros requisitos de publicidade estabelecidos pelo Google Ads. A criação das listas de remarketing não pode ser feita de maneira desregrada. Há, por exemplo, algumas informações dos usuários que não podem ser coletadas e utilizadas pelos anunciantes para segmentação.

– As políticas para campanhas de publicidade de remarketing, em respeito aos usuários e conformidade com as leis, estão amparadas em três principais pilares:

* Não se deve usar informações sensíveis para os anúncios;

* Não se deve utilizar dados pessoais ou confidenciais;

* Deve-se respeitar as leis, o que inclui não segmentar listas de remarketing para crianças menores de 13 anos. Neste caso, é preciso cuidar da linguagem que se usa no Link Patrocinado, para que não se insinue que o anúncio é direcionado para crianças com idade inferior.

– De modo que as listas de remarketing nunca poderão estar segmentadas por:

* Raça e etnia

* Posição política

* Orientação sexual

* Informações confidenciais

* Situação financeira

* Estado de saúde

* e outras

– Ainda que não seja criada estas listas de remarketing, o próprio anúncio não poderá aparentar que tais informações pessoais sejam conhecidas pelo anunciante.

– Há ocasiões que este tipo de segmentação poderá parecer bastante óbvia e extremamente necessária para um anunciante. Ainda assim, por mais interessante que a segmentação se prove, é preciso ter cuidadosa atenção para não violar esta política de publicidade. Por exemplo, suponha que um anunciante seja proprietário de um site voltado para a promoção de encontros e namoros. A orientação sexual é um tipo de segmentação que poderia ser bastante interessante para este ramo de negócio. No entanto, se criar uma lista de remarketing com base na orientação sexual dos seus usuários, o anunciante estará violando as regras de conteúdo do Google Ads.

– O que acha de criar uma lista de remarketing direcionando anúncios de Links Patrocinados para pessoas que precisam de um centro de reabilitação para dependentes químicos? Ou para pessoas que possuem determinada condição financeira? Este tipo de informação é demasiadamente pessoal e sensível, e o Google Ads não permite que seja usado como lista de remarketing. O Google Ads também não permite a criação de listas de remarketing em sites que se enquadrem na categoria “Conteúdo Adulto ou Não Indicado Para Menores” e Jogos de Azar.

– O Google também não permite a publicidade com base em interesses com conteúdo relacionado a divórcio e separação conjugal. Isto se aplica tanto a websites quanto a aplicativos.

– Você já utiliza o remarketing em suas campanhas de Links Patrocinados do Google Ads? Se ainda não, avalie a possibilidade de investir neste vantajoso segmento da publicidade digital disponibilizada pelo Google. Mas, para que seus anúncios sejam aprovados e você tenha o retorno esperado, é preciso conhecer e respeitar estas políticas de publicidade do Google Ads.

Políticas Google Ads - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Ads explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google Ads.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.