Políticas Google AdWords: Segurança do Usuário - CLINKS

Políticas Google AdWords: Segurança do usuário

Home > Políticas Google AdWords > Políticas Google AdWords: Segurança do usuário

Políticas Google AdWords: Segurança do Usuário

 

Segurança do Usuário é Uma Política do Google AdWords Criada Para Proteger Internautas de Anúncios Ilegais e Duvidosos– Analisando as demais políticas de publicidade do Google AdWords neste site, você poderá perceber que um dos mais recorrentes motivos do Google estabelecer determinadas regras é a preocupação com a segurança do usuário. De modo que, quando acessamos esta regra de conteúdo denominada Segurança do Usuário, temos uma espécie de resumo do que encontramos nas outras diretrizes. Quem deseja anunciar seu site no Google precisa conhecer estas regras.

– Estas proibições abrangem diversas categorias, assim definidas pelo Google AdWords:

* Promessas de serviços financeiros: sites de assistência financeira que não apresentem declaração de isenção de responsabilidade, nem divulguem dados empresariais como telefone, endereço, e-mail. Além disso, as empresas financeiras que promovem empréstimos precisam obrigatoriamente mencionar o que está reservado aos seus clientes caso não efetuem o pagamento. Todas as taxas incidentes precisam estar a disposição do internauta;

* Promessas na Área de Saúde e Medicina: farmácias on-line que não estejam certificadas pela ANVISA ou websites que promovem produtos ou serviços alegadamente mais eficientes que a medicina moderna;
* Promessas Enganosas ou Imprecisas: websites que vendem produtos que são oferecidos gratuitamente, que apresentem falsos testemunhos, que faça promessas cientificamente impossíveis ou que, de alguma forma, ludibriem os usuários;
* Promessas de Geração de Renda: websites que promovem ganhos exagerados ou que não fornecem detalhes para oportunidades de emprego em domicílio. Além destes, promoção de esquemas de marketing piramidal também estão incluídos nestas proibições.

Dentro destas normas de conteúdo também estão incluídos websites que divulgam produtos ilegais ou falsificados, que não apresentam preços ou sistema de faturamento transparentes para os usuários, ou que coletam desnecessariamente informações pessoais (por exemplo, em troca de itens gratuitos ou resultado de pesquisas). Tais não podem divulgar seus sites por meio dos Links Patrocinados do Google AdWords.

– O Google AdWords também trabalha com base na reputação on-line de uma empresa. Com base nos comentários e denúncias de seus usuários, o Google pode decidir remover os Links Patrocinados de uma empresa notificando-a disso. A melhor forma de se evitar este tipo de problema, é ser uma empresa transparente cuidando em cumprir todas as promessas feitas aos usuários.

– Também estão proibidos Links Patrocinados de websites que fazem falsa alusão à afiliação com o governo. Por exemplo, sites que, de forma enganosa, utilizam selos e nomes de agências do governo, ou anunciantes que imitam o layout e design de sites estatais.

– Existem outras diretrizes que precisam ser cumpridas e que se encontram discriminadas nas Diretrizes para Webmasters. Ali é possível encontrar recomendações e obrigatoriedades para todo website anunciado no Google AdWords. Esteja atento especialmente às diretrizes de qualidade que especificam práticas ilícitas como “cloaking” e outros truques que podem levar seu website à ser removido não somente dos Links Patrocinados, mas também da busca natural do Google.

Políticas Google AdWords - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google AdWords explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.