Políticas AdWords: Técnicas de SPAM - CLINKS

Políticas Google AdWords: Técnicas de spam

Home > Políticas Google AdWords > Políticas Google AdWords: Técnicas de spam

Políticas Google AdWords: Técnicas de SPAM

 

– Dando sequência a série de artigos sobre as políticas de publicidade do Google AdWords, hoje iremos focar em uma prática que podem fazer com que o anunciante sofra punições que vão desde um anúncio reprovado a ter até mesmo a sua conta suspensa. Você entenderá o que é classificado como SPAM de anúncios, práticas ilícitas para gerar cliques, além de compreender melhor o que o Google AdWords classifica como um anúncio claro, preciso e relevante. Certifique-se de conhecer esta política de publicidade antes de anunciar seu site no Google.

Spam de anuncios de links patrocinados do google adwords

SPAM de Anúncio: Você com certeza já ouviu falar em SPAM. E deve ter sido apresentado a esta prática da pior forma possível: sendo vítima dela. SPAM refere-se à prática de mensagens eletrônicas que bombardeiam internautas sem seu consentimento. Embora esta prática seja predominante no envio de e-mails, também se propaga em outras formas de comunicação online. Independente de qual seja o meio, SPAMs são caracterizados por mensagens insistentes e inconvenientes. E a grande maioria é gerada a partir de programas, e não usuários reais.

– Para o Google, SPAM de anúncios são técnicas para explorar sistemas de publicidade on-line, como o Google Adwords, para a obtenção de vantagens. O Google AdWords não permite quaisquer técnicas de spam de anúncios. Uma delas é o Duplo Fornecimento. Como usuário que preza pela qualidade em suas buscas, o que acha de se deparar com este resultado nos Links Patrocinados?

– Certamente, uma prática abusiva que não acrescenta nada à sua pesquisa. Alguns anunciantes se deparam com Links Patrocinados apontando para sites que vendem livros e vídeos prometendo ensinar tais táticas. Mas podemos garantir que, ainda que consigam publicar tais SPAMs de anúncios, em pouco tempo o Google AdWords descobrirá e excluirá não somente o Link Patrocinado, mas também a conta do anunciante.

Outro detalhe que faz bem em se lembrar é que toda e qualquer forma de geração artificial, quer de cliques, quer de impressões, é claramente proibida pelo Google AdWords. Neste segmento, também existem sites oferecendo tal tipo de serviço. Não ceda a tentação de ter dezenas ou centenas de cliques gerados por robôs (os chamados “cliques automatizados”), apenas para forçar a melhora de sua posição no Google AdWords. O Google adverte contra o uso de ferramentas ou serviços inválidos para gerar tráfego, e avisa que a conta do anunciante poderá ser cancelada, caso tais princípios sejam violados. Oferecer recompensas monetárias para internautas clicarem em Links Patrocinados também é proibido.

– É possível que, mais cedo ou mais tarde, você se deparará com determinados serviços e fique na dúvida se este se enquadra no que o Google classifica como proibido. Não espere encontrar no site do Google AdWords informações quanto a tal serviço ser permitido ou não. Seria inviável para o Google analisar cada um dos serviços disponibilizados no mundo web, e fazer uma lista daqueles que são autorizados (até porque programas podem ser alterados em questão de poucas horas). O que recomendamos, assim como o Google AdWords, é que você utilize técnicas legítimas para aumentar o número de impressões e cliques válidos em seus Links Patrocinados. Tais técnicas e dicas são publicadas periodicamente em nosso blog, com o objetivo de que você tenha sucesso em anunciar seu site no Google.

Políticas Google AdWords - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google AdWords explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.