Políticas Google AdWords: Venda de Itens Gratuitos - CLINKS

Políticas Google AdWords: Venda de itens gratuitos

Home > Políticas Google AdWords > Políticas Google AdWords: Venda de itens gratuitos

Políticas Google AdWords: Venda de Itens Gratuitos

 

Políticas do Google AdWords Tratam de Diretrizes Que Proíbem a Venda de Itens Gratuitos– O fato de alguém trabalhar com itens gratuitos em seu website, não significa que não poderá obter lucros oriundos de tais produtos. Isto porque há atividades lucrativas e aceitáveis que são perfeitamente associadas a itens gratuitos. O Google AdWords estabeleceu esta política de conteúdo para justamente regular estas práticas. De modo que o usuário é protegido dos popularmente chamados “espertalhões” que vendem o que é gratuito. Estas diretrizes de conteúdo também permitem orientar os anunciantes honestos para que seus anúncios não se apresentem dúbios, podendo ser mal interpretados pelos usuários e pelo próprio Google AdWords.

– Por que mencionamos que itens gratuitos podem gerar renda? Um website, por exemplo, pode disponibilizar o download gratuito de uma versão do Linux. Lembrando que o Linux é um sistema operacional GNU ou GPL que significa Licença Pública Geral, designação dada para licenças gratuitas de softwares livres. No entanto, embora não se possa vender o Linux, um anunciante pode disponibilizar manuais, livros ou outros produtos pago para versões de tais licenças. Ou seja, criar anúncios de Links Patrocinados para um website onde se vende o software Linux é proibido. Vender produtos correlatos é perfeitamente natural e aceitável.

– Existem outros produtos que se encontram nesta mesma situação. Por exemplo, cupons AdWords. O Google AdWords fornece cupons promocionais em diversos valores, como R$100,00, R$150,00 ou mesmo R$ 200,00 gratuitamente. Se os cupons são gratuitos, ninguém poderá vendê-los, é claro. No entanto, imagine um anunciante tentando vender, digamos, cupons AdWords de R$ 200,00 por R$ 50,00 cada um. Isto é uma violação deliberada das normas de conduta do Google AdWords, se enquadrando na política de Venda de Itens Gratuitos. Um anunciante que realizar isto estará, na verdade, enganando os usuários e, por esta razão, poderá ter sua conta suspensa.

– Como não ser reprovado por descumprimento desta política? É essencial ter cuidado com os termos que você utiliza em seus links patrocinados e no seu website de destino. Por exemplo, suponha que anuncie seu site no Google e  esteja vendendo um livro sobre o Linux, sendo que o nome da obra é “Linux – O Grande Software”. Agora imagine o seu Link Patrocinado declarando escancaradamente “Compre Linux – O Grande Software por apenas R$ 100,00”. Consegue imaginar qual seria a conclusão que o robô do Google AdWords poderia chegar ao verificar um anúncio assim? “O anunciante está vendendo o sistema operacional Linux”. Neste caso, você deverá reformular seu anúncio para algo como “Compre o livro Linux – O Grande Sofware”. Assim, o robô conseguirá interpretar que o objeto em venda não é o Linux, mas um livro sobre ele. A mesma regra vale para a página de destino.

– Assim, ao anunciar seu site no Google, procure transmitir com clareza e cautela as mensagens associadas aos produtos gratuitos disponíveis em seu website, sem nunca promover sua venda. É uma forma de respeitar os usuários e não ter problemas com as regras de publicidade do Google AdWords.

Políticas Google AdWords - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google AdWords explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.