Políticas Google Shopping: Frete | Clinks

Políticas Google Shopping: Frete

Home > Políticas Google Shopping > Políticas Google Shopping: Frete

Políticas Google Shopping: Frete

 

Políticas de publicidade do Google Shopping sobre fretes– Sua empresa possui produtos que são enviados para todo o território nacional, ou talvez até mesmo para outros países? Neste caso, o Google Shopping é o sistema de publicidade ideal para você. No entanto, para divulgar no Google Shopping é preciso atentar aos diversos termos e políticas de publicidade. Entre elas, existe uma diretriz chamada de Frete.

– As políticas de publicidade do Google Shopping fazem referência ao Frete por dois motivos: oferecer uma boa experiência para os internautas, e também seguir de perto os fatores legais. O cumprimento das diretrizes relacionadas ao Frete é essencial para que uma empresa continue a anunciar no Google Shopping.

– O que se espera da empresa neste respeito? Um anunciante não poderá divulgar no Google Shopping e não esclarecer os custos envolvidos no transporte do produto. Todas estas informações precisam ser corretas e claramente informadas aos usuários. O anunciante deve especificar uma taxa fixa de frete ou frete gratuito, e estas taxas devem ser somente direto ao cliente. Também é possível definir um valor de frete que varia de acordo com o peso do produto.

– O que está incluído nestes custos de transporte que precisam ser informados? Além das despesas de transporte, é preciso divulgar as taxas remuneratórias de serviços públicos (conhecidas como emolumento) e seguros, quando aplicável. Se qualquer um destes valores estiver incluso nas taxas de frete, o usuário precisa ser informado disso.

– O formato do atributo ‘frete’ no Google Shopping é formato por 4 subatributos, a saber:

* país (obrigatório): o país para onde o item será enviado;

* preço (obrigatório): especificar o valor fixo do frete;

* região (opcional): é a região geográfica para a qual está sendo aplicada a taxa de frete, utilizando por exemplo, a abreviação do estado e o código postal;

* serviço (opcional): a classe do serviço, por exemplo, terrestre.

– As diretrizes para quem anuncia no Google Shopping determinam que os varejistas precisam fornecer somente taxas de frete direto ao consumidor. Taxas para outros métodos, como entrega “envio para a loja”, não são permitidas.

– Visto que o Google Shopping oferece a oportunidade das empresas anunciarem seus produtos para todo o mundo, é bastante comum a divulgação em outros países. Quando envia um produto para outro país, é de responsabilidade da empresa cobrir os custos alfandegários. Nenhuma taxa alfandegária deve ser cobrada separadamente dos usuários.

– A criação de campanhas publicitárias na internet para divulgação dos produtos de uma empresa encontra no Google Shopping um aliado perfeito. Para que os resultados alcançados sejam os melhores possíveis, é preciso estar atento a fornecer uma boa experiência de navegação e compra para os usuários, além de cumprir com os requisitos legais. Isto envolve seguir de perto os termos e condições do Google Shopping, incluindo as diretrizes sobre o Frete. 

Políticas Google Shopping - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Shopping explicadas detalhadamente.

Copyright © CLINKS - Agência Search Engine Marketing Certificada Google AdWords:

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas. Click Virtual Informática Ltda - CNPJ: 08.194.590/0001-42