Políticas Google Shopping: Produtos Restritos | Clinks

Políticas Google Shopping: Produtos Restritos

Home > Políticas Google Shopping > Políticas Google Shopping: Produtos Restritos

Políticas Google Shopping: Produtos Restritos

 

– Ao anunciar no Google Shopping, o comerciante precisa estar atento aos produtos que são qualificados como restritos, segundo as políticas de publicidade do sistema de Links Patrocinados. O Google estabelece uma série de produtos que se enquadram em violações de princípios legais, e que são proibidos exatamente para proteger os usuários em suas compras na internet.

– Quais os itens enquadrados nas diretrizes de publicidade sobre Produtos Restritos? Consideremos três segmentos de produtos.

Bens Roubados e Dispositivos de Arrombamento

Produtos Restritos - Políticas Google Shopping

– Visando garantir a proteção dos usuários que realizam compras pela internet, o Google Shopping não permite que produtos cujo número de série tenha sido removido ou alterado sejam comercializados em seu sistema. Isto é uma forma de prevenir que produtos roubados sejam disponibilizados para os internautas por meio do Google Shopping.

– Além destes, o Google Shopping avalia os produtos que são enviados para o sistema do Google Merchant Center para garantir que dispositivos de arrombamento não sejam colocados a disposição dos usuários. Isto inclui dispositivos de extração de códigos, chaves mestras, decodificadores digitais e kits de arrombamento.

– Quaisquer destes produtos que sejam enviados para análise serão sumariamente reprovados.

Câmbio

– Esta política visa orientar os comerciantes quanto ao comércio de moedas no Google. O sistema de Links Patrocinados permite que moedas disponibilizadas para coleção sejam anunciadas no Google Shopping. Da mesma forma, réplicas de dinheiro em papel também podem ser comercializadas, desde que se respeite as seguintes normas: a impressão da nota precisa ser em apenas um lado do papel, o tamanho não pode ser equivalente ao original e as notas precisam estar claramente identificadas como sendo cópias.

– Quanto às proibições, as diretrizes de publicidade sobre Produtos Restritos não permitem a troca de moedas por meio do Google Shopping, e tampouco é permitida a promoção de ações, títulos e valores mobiliários.

Propriedade Imóvel

– O Google Shopping trabalha sob a diretriz de que os bens precisam ser entregues aos compradores. Desta forma, a promoção de bens imóveis fica proibida segundo os termos e condições para os anunciantes. Assim sendo, um corretor de imóveis, por exemplo, não poderá utilizar o Google Shopping para divulgar casas, apartamentos, terrenos, kitnets, galpões, etc.

Concluindo

– Há uma série de outros produtos que precisam ser individualmente analisados para verificar se é possível sua promoção no Google Shopping ou não. Isto inclui produtos relacionados a animais, tabaco, dispositivos de trânsito, álcool, fogos de artifício, entre outros. Para tanto, o comerciante deverá consultar as políticas de publicidade do Google AdWords que especifica normas sobre cada um destes produtos e sua comercialização por meio do Google Shopping.

Políticas Google Shopping - 2º Ed.

Compre o e-Book

Tenha sempre a mão em seu Smartphone, Tablet ou Pc todas as políticas do Google Shopping explicadas detalhadamente.

Copyright © Clinks - Google Partner PREMIER. Agência Certificada Google AdWords.

Seus Links Patrocinados Nas Mãos de Especialistas.