Tipos de anúncios do Google Ads e sites onde são exibidos

16/09/2020 by in category Anúncios, Google Ads tagged as with 0 and 1
Home > Blog > Anúncios > Tipos de anúncios do Google Ads e sites onde são exibidos

O Google Ads oferece diversos tipos de anúncios que se adaptam em qualquer contexto, tela e navegador. Neste artigo, conheça quais são os tipos de anúncios do Google e as características de cada um.

No Google Ads, você tem diversas opções sobre o tipo ou formato dos anúncios. Você pode utilizar apenas um deles ou combinar vários. Isto depende de qual é seu orçamento e também suas metas. Também depende de quem são seus clientes, afinal, pessoas diferentes costumam ter seus próprios hábitos de pesquisa na internet.

Anúncios de Texto

É o formato de anúncio mais utilizado no Google Ads. Ele é exibido no mecanismo de busca do Google quando as pessoas pesquisam por produtos ou serviços. Geralmente, é exibido na parte superior dos resultados, ficando em destaque, e sendo rapidamente notado pelo público-alvo.

Ele costuma exibir um marcador, um rótulo com caracteres verdes indicando que se trata de um anúncio. Fora isso, a semelhança dos anúncios com os links orgânicos é total. Algumas pessoas nem percebem a diferença ao clicar nos links patrocinados.

Mas seus futuros clientes também podem ver seus anúncios em textos em outros sites da Rede de Display, bem como no Gmail e YouTube.

Anúncios Gráficos

São anúncios apresentados em banners, e utilizam imagens ou rich media. Os layouts são personalizados dentro do Google Ads e se adaptam ao site e tamanho da tela do dispositivo utilizado pelo seu cliente. Podem incluir animações e elementos interativos, estimulando os clientes a interagir com eles.

Por exemplo: os anúncios gráficos exibidos no Gmail permitem a expansão do anúncio. Além disso, eles podem ser salvos ou encaminhados, como se fossem um e-mail comum em sua caixa de entrada.

O formato gráfico está habilitado para ser exibido em milhões de sites e centenas de milhares de aplicativos.

Anúncios responsivos

Este é um formato que se ajusta às telas onde ele é exibido, garantindo que seu anúncio seja visto e com a melhor experiência para os usuários. O processo é feito de forma automática, ajustando tamanho, aparência e formato.

Isto significa que um anúncio pode aparecer no formato de texto em uma tela, mas em formato gráfico em outra tela. Visto que eles podem ser exibidos como anúncios nativos, os anúncios responsivos combinam com a aparência do site onde aparecem. Isto diminui as chances dos usuários encará-los como invasivos.

Anúncios em Vídeo

Anúncios em vídeo são atraentes e bastante chamativos. Eles podem ser exibidos no YouTube e em sites parceiros de vídeo. Com este formato, você pode exibir sua marca para pessoas enquanto elas estão assistindo a outros vídeos ou fazendo pesquisas no YouTube.

Se decidir anunciar no Google Ads utilizando vídeos, você tem as seguintes opções para escolher:

  • In-stream puláveis: pode ser exibido antes, durante ou após a exibição do vídeo principal. Depois que o anúncio for reproduzido por 5 segundos, o internauta tem a opção de continuar assistindo ou pular. O anunciante só é cobrado se o usuário assistir, pelo menos, 30 segundos do anúncio (ou até o final do vídeo em caso de anúncios menores).
  • In-stream não puláveis: pode ser exibido antes, durante ou após a exibição do vídeo principal. Estes anúncios em vídeo possuem 15 ou menos e não podem ser pulados. O pagamento é feito com base em impressões. Por isso, este formato de anúncio utiliza o lance de CPM Desejado.
  • Video discovery: podem ser exibidos nos resultados de pesquisa do YouTube ou acima dos vídeos relacionados. Além disso, em dispositivos móveis, os anúncios video discovery podem aparecer na página inicial do YouTube. O anunciante é cobrado quando o usuário clica na miniatura do vídeo.
  • Anúncios Bumper: São vídeos curtos e, por esta razão, sem a opção para pular o anúncio. Também podem ser exibidos antes, durante ou após o conteúdo em vídeo que você estiver assistindo no YouTube ou sites parceiros de vídeo na Rede de Display.
  • Anúncios out-stream: anúncios em vídeo veiculados em sites e aplicativos parceiros do Google. Pode ser executado automaticamente e mudo, sendo necessário que o usuário clique para ativar o som. O anunciante paga por mil impressões visíveis (vCPM).
  • Masthead: anúncios em vídeo que aparecem em destaque, geralmente, ocupando toda a parte superior da página inicial do YouTube. Utiliza o sistema de cobrança de custo por dia (CPD) e custo por mil impressões (CPM).

Anúncios de Aplicativos

O formato ideal para desenvolvedores e empresas que querem divulgar seus aplicativos para usuários de smartphones e tablets.

Não importa se seu aplicativo é Android ou iOS, você pode alcançar seu público-alvo independentemente de onde eles estejam no mundo.

Depois de vermos um pouco sobre o formato dos anúncios, é bom analisar os sites e canais onde eles são exibidos.

Anúncios de chamadas

Este é o formato certo para quem quer aumentar o número de ligações para sua empresa. Com os anúncios de chamadas, você exibe links patrocinados que incluem seu número de telefone. Quando as pessoas clicam neste número, elas ligam diretamente para sua empresa.

Com base nesta definição, já dá para concluir que os anúncios de chamadas são exibidos exclusivamente em dispositivos móveis.

Estes anúncios aceitam até dois títulos, nome da empresa, número do telefone e duas linhas de descrição. Além disso, você também pode incluir uma URL que fornece um link de acesso ao seu site.

anúncios só para chamadas

Google Shopping

Você possui uma loja virtual (e-commerce)? Então, o Google Shopping é o local ideal para você promover sua loja. Seus anúncios vão aparecer no Google como uma verdadeira vitrine de produtos.

Anúncios do Google Shopping são anúncios gráficos que exibem diversas informações para atrair potenciais compradores. Entre estes detalhes, além da descrição do produto e marca, estão também fotos e preço.

Portanto, assim que as pessoas digitarem no Google o nome de um produto que você comercializa, ele poderá aparecer no topo dos resultados do Google, enriquecido por todos estes detalhes mencionados.

Além dos anúncios tradicionais do Google Shopping, a plataforma oferece um formato específico que são os anúncios showcase.

YouTube

Vimos acima sobre anúncios em vídeo. Mas no YouTube, além do formato de vídeos, também é possível exibir anúncios de texto e gráficos.

Ao assistir seus vídeos favoritos no YouTube, você certamente já viu este tipo de anúncio. São conhecidos como anúncios de exibição. Estes anúncios gráficos geralmente são exibidos em destaque logo acima da lista de vídeos sugeridos (que fica à direita). Mas também podem aparecer em outras áreas do YouTube, exceto na página inicial.

Você também pode exibir anúncios de texto no YouTube. São aqueles banners semitransparentes que aparecem na parte inferior do vídeo que você está assistindo.

Uma outra opção interessante são os cartões patrocinados. Eles costumam ser utilizados para divulgar algum produto que está sendo apresentado no vídeo. Por exemplo, você faz um vídeo sobre os recursos técnicos de uma bicicleta de corrida, e um teaser do cartão é exibido na tela durante alguns segundos. Se a pessoa clicar no cartão, será redirecionado para o seu site, e poderá realizar a compra do produto divulgado no vídeo.

No YouTube, esteja certo de que seu vídeo será exibido na hora certa para o público certo. Para isso, diversos sinais sobre o usuário serão analisados para determinar qual anúncio exibir, e em qual momento.

Gmail

O Gmail é a plataforma de e-mails do Google, e conta com mais de 1 bilhão de usuários. Isto significa que, muito provavelmente, grande parte dos seus clientes possuem uma conta no Gmail.

Nesta plataforma, você pode anunciar seus produtos e serviços por meio de atrativos recursos gráficos. Um detalhe interessante sobre anunciar no Gmail, é que os Links Patrocinados são apresentados como se fossem e-mails. O mesmo formato: remetente, assunto e o trecho inicial da mensagem. Eles são os anúncios no formato recolhido.

Após clicado, o anúncio é aberto da mesma forma como acontece com um e-mail. Esta expansão do anúncio permite que você possa incluir links, imagens, vídeos ou mesmo formulários para o usuário preencher.

Remarketing

Este é o recurso publicitário com as maiores taxas de cliques na internet. Ele possibilita exibir anúncios somente para pessoas que já visitaram seu site. Também permite que os anúncios sejam exibidos apenas para clientes que já utilizaram o aplicativo de sua empresa.

Quando as pessoas deixam o seu site sem comprar um produto pelo qual demonstraram interesse, o Remarketing será de grande ajuda. Com ele, você poderá exibir o anúncio certo para esta pessoa enquanto ela estiver navegando em outros sites. É como se você seguisse a pessoa onde quer que ela fosse. Com o Remarketing, você poderá apresentar anúncios do produto que a pessoa demonstrou interesse (talvez até oferecendo um desconto especial para que ele retorne), ou outros produtos relacionados.

A grande vantagem deste recurso é que você exibe mensagens publicitárias para pessoas que já conhecem sua empresa. Além disso, são anúncios exibidos somente para pessoas que estão inclinadas a realizar uma compra. Dá para perceber que o potencial de compra é muito maior.

O Remarketing é um formato altamente vantajoso que tem ajudado empresas em todo o mundo a aumentar suas vendas com a publicidade na internet.

Anúncios Específicos Para Palavras-chave Específicas

Se o internauta pesquisou por “bicicleta caloi aro 29”, então, o anúncio apresentado será sobre a Caloi Aro 29.

Mas e se o cliente pesquisar por “bicicleta caloi feminina aro 26”. Bem, neste caso, o anúncio exibido tem a ver com a Caloi Feminina Aro 26.

Mas como isso é possível?

Quando as palavras-chave são criadas, elas são conectadas aos chamados Grupos de Anúncios. Estes grupos contêm um ou mais anúncios que segmentam as palavras-chave. Assim, é possível criar anúncios específicos para palavras-chave específicas.

É verdade que é possível criar um único anúncio para que ele seja exibido em todas as ocasiões, independentemente do termo utilizado pelo internauta. O controle aqui está na mão do anunciante. No entanto, quanto mais próximos forem os anúncios dos termos utilizados pelo usuário, maior o potencial de se realizar uma venda.

Evidentemente, você não está sozinho nesta estratégia. É provável que seus concorrentes tenham escolhido as mesmas palavras-chave que você. Por este motivo, o Google Ads utilize diversos critérios para determinar o ranking ou posicionamento dos anúncios.

Como o sistema de publicidade determina o posicionamento dos anúncios? Para entender isso, precisamos entrar no universo dos leilões.

Add comment