Facebook decide desativar Lasso, aplicativo rival do TikTok

Lasso surgiu como clone do TikTok e permitia que usuários publicassem vídeos de até 15 segundos. Mas após uma rápida trajetória, Lasso será encerrado em 10 de Julho.

No final de 2018, o Facebook comunicava o lançamento do Lasso, um aplicativo de criação e edição de vídeos curtos. Na época, o Lasso surgia como um forte concorrente do TikTok.

Mas, se as expectativas eram essas, não passou disso. Nos últimos dias, o Facebook começou a enviar notificações aos usuários do app comunicando que o Lasso será desativado em 10 de Julho. Por isso, os usuários estão sendo aconselhados a fazer download dos vídeos que desejam preservar.

O Lasso nasceu com recursos semelhantes ao TikTok. Seu público-alvo era os jovens envolvidos com criação, edição e compartilhamento de vídeos divertidos de até 15 segundos. Após isso, era possível compartilhar o vídeo no próprio aplicativo ou no feed do Facebook. O app também utilizava inteligência artificial para recomendar conteúdo em nível pessoal. Mas, o projeto não decolou.

Por que o Lasso foi descontinuado

Um dos aspectos que levou ao fim do Lasso foi o baixo número de usuários. O app estava disponível somente em alguns países como Estados Unidos, México, Argentina, Uruguai Colômbia, Chile, Peru, Panamá, Costa Rica, El Salvador e Equador. De acordo com a empresa de pesquisas App Annie, o Lasso tinha menos de 80.000 usuários ativos no Android, por dia. O mercado onde o app conseguiu mais força foi o México. No iOS, os números eram tão baixos que nem foram rastreados pela empresa App Annie.

No entanto, as expectativas pareciam ser diferentes. Afinal, no início de 2020, o aplicativo adicionou suporte ao idioma hindi. Com isso, surgiram rumores de que o Facebook planejava lançar o app na Índia. Mas, isso não se concretizou.

A verdade é que o aplicativo teve uma trajetória conturbada desde seu lançamento. Por exemplo, o principal líder no desenvolvimento do Lasso deixou a equipe logo após o lançamento do aplicativo.

Comentando sobre o encerramento do Lasso, um porta-voz do Facebook fez a seguinte declaração ao TechCrunch:

“Costumamos fazer diversas apostas em nossa família de aplicativos para testar e aprender como as pessoas se expressam. Um desses testes foi o Lasso, nosso aplicativo de vídeo que decidimos encerrar. Agradecemos a todos que compartilharam sua criatividade conosco. Procuraremos incorporar esse feedback em outras experiências de vídeo”.

De fato, nem tudo está perdido! O anúncio do fim do Lasso vem na mesma época do surgimento do Reels do Instagram. Com o Reels, os usuários podem criar e editar vídeos curtos, sendo possível inserir música, efeitos visuais e legendas cronometradas. Não podemos nos esquecer que o Instagram já foi bem-sucedido em integrar características de outros aplicativos, como os filtros divertidos do Snapchat.

Mas, o Lasso não é o único aplicativo do Facebook que chega ao fim em 10 de Julho. A empresa também comunica o encerramento do Hobbi, um app experimental semelhante ao Pinterest que foi criado para ajudar os usuários a documentar seus projetos pessoais.