Como usar o Google Analytics para melhorar seu marketing digital

25/11/2020 by in category Análise e Monitoramento, Google Analytics with 0 and 0
Home > Blog > Análise e Monitoramento > Como usar o Google Analytics para melhorar seu marketing digital

Como os usuários se comportam quando estão em seu site? O que seus clientes fazem quando estão ali?

A resposta a estas perguntas é de máxima importância. Afinal, você só vai conseguir otimizar suas campanhas de marketing digital se entender o comportamento dos clientes em seu site e aplicativo.

É justamente aí que entra a necessidade de ter uma ferramenta analítica. E o Google tem a solução certa para você.

Bem-vindo ao Google Analytics.

Neste artigo, você vai aprender:

O que é Google Analytics

O Google Analytics é definido como uma ferramenta gratuita de análise de dados. Com ele, você tem uma poderosa ferramenta de inteligência de dados à sua disposição, e não precisa pagar nada por isso. O Google Analytics é uma prioridade quando pensamos em transformação digital. Afinal, com ele é possível acompanhar as mudanças no comportamento de compra dos clientes. Assim, o Analytics te dá todo insight que você precisa para se preparar para estratégias futuras.

A ferramenta é diretamente integrada ao site e fornece relatórios detalhados em tempo real. Você pode saber quais são as páginas visitadas pelos usuários, o fluxo de visitantes entre as páginas, o tempo de permanência dos clientes nas páginas e muito, muito mais.

Pode-se dizer que seu site é o centro de sua presença digital. Mesmo que você tenha perfis em redes sociais como Facebook, LinkedIn e Instagram, mais cedo ou mais tarde, seu público vai chegar até seu site.

O mesmo pode ser dito para empresas que anunciam nos Links Patrocinados do Google Ads. O Google Ads possui seus próprios relatórios sobre desempenho de anúncios. Mas somente com a ajuda do Analytics você saberá exatamente o que seu público-alvo está fazendo depois de clicar nos anúncios.

Portanto, toda a análise do comportamento dos usuários no seu site é de extremo valor. E o Google Analytics faz exatamente isso.

Google Analytics 4

O novo Google Analytics foi batizado como Google Analytics 4. Com esta atualização, temos uma versão mais robusta e completa da ferramenta de análise de dados. Ele é a evolução do recurso App + Web que unifica dados de acesso de aplicativos e sites nos relatórios.

A ferramenta também é mais intuitiva o que torna mais fácil o processo de acompanhar métricas e relatórios.

Especialmente em um cenário onde o comportamento dos consumidores muda rapidamente, usar o Google Analytics 4 faz toda a diferença nos negócios.

Mas no que o Analytics 4 difere do seu predecessor?

  • Focado em toda a jornada de compra do cliente, analisando múltiplos dispositivos e diversas plataformas.
  • Painel lateral esquerdo reestruturado e simplificado, tornando mais fácil encontrar os relatórios e métricas mais relevantes.
  • Utiliza aprendizado de máquina avançado. Esta é a base das métricas preditivas. Estas métricas, como já evidente pelo nome, procura prever o comportamento dos usuários antes de acontecer. Ou seja, você consegue se manter sempre um passo a frente na hora de preparar as melhores experiências para os clientes em seu site e aplicativo.
  • Ainda com a ajuda do aprendizado de máquina, em alguns casos, você não precisa cavar fundo para descobrir os insights mais importantes para seu negócio. A inteligência artificial do Google encontra as variações mais importantes e inesperadas, e as apresenta no relatório Automated Insights.
automated insights

Como o Google Analytics funciona?

Em resumo, o Google Analytics disponibiliza linhas de código para você inserir em seu site.

Com isso, a ferramenta consegue acompanhar tudo o que seus visitantes estão fazendo em seu site.

E todo este comportamento fica devidamente registrado para que você tenha acesso.

Além do comportamento, o Google Analytics analisa quem são os visitantes. Ele registra as visitas de acordo com as características dos usuários, como idade, sexo, localização geográfica, entre outras coisas.

Para isso, os relatórios do Analytics são compostos por métricas e dimensões. O que isto significa?

O que são dimensões no Google Analytics

Dimensões são informações qualitativas.

Em resumo, as dimensões são as informações sobre os visitantes do seu site.

Exemplos de dimensões:

  • Navegador utilizado pelo usuário
  • Cidade de onde acessou seu site
  • Dispositivo utilizado quando visitou seu site

O que são métricas

As métricas são dados quantitativos de uma dimensão.

São sistemas de mensuração que permitem entender o desempenho do site, bem como mensurar campanhas publicitárias. As métricas nada mais são do que números que quantificam elementos no universo digital.

São inúmeras métricas que ajudam o profissional a entender o desempenho do seu site e campanhas. Quer alguns exemplos?

  • Número de visitantes
  • Visualizações de página
  • Porcentagem de novas visitas
  • Tempo médio na página
  • Taxa de rejeição
  • Origem do tráfego

O que você vai descobrir com o Google Analytics

São diversos os benefícios de integrar o Analytics ao seu site. Você conseguirá saber, entre outras coisas:

  • A localização geográfica das pessoas que realizam determinadas ações;
  • Mensurar o desempenho das campanhas de marketing digital, incluindo iniciativas nas mídias sociais e Links Patrocinados do Google Ads;
  • Descobrir o que as pessoas mais procuram no campo “Pesquisar” do seu site;
  • Saber quanto tempo as pessoas ficam em suas páginas;
  • Entender o caminho percorrido entre a primeira visita e a conversão final;
  • Descobrir informações sobre seus usuários, como dispositivos utilizados, navegadores, etc.

Estes dados podem ser segmentados de acordo com as conversões, ou seja, as ações de valor mensurável realizadas pelos usuários no seu site. Por exemplo, você pode descobrir quanto tempo os visitantes ficam em uma página de vendas quando compram seus produtos.

Quer algo mais específico ainda? Você pode descobrir quanto tempo as pessoas do sexo masculino e do sexo feminino ficam em suas páginas de vendas.

Conseguiu perceber? As combinações são inúmeras. E elas estão à sua disposição nesta poderosa ferramenta de análise gratuita do Google.

Os relatórios do Google Analytics

São muitos os relatórios que o Google Analytics oferece. Confira a lista deles com suas respectivas descrições.

Aquisição

Este relatório está concentrado em mostrar de que forma os usuários chegaram até seu site.

Em Visão Geral, ele apresenta um resumo dos dados das suas principais fontes de tráfego, divididas em categorias como busca orgânica, direta, redes sociais, e-mail, etc.

Relatório aquisição

Assim, de forma rápida, você consegue ver o desempenho dos principais canais que trazem visitantes para seu site.

Todo o Tráfego

Você pode ir mais a fundo, analisando em detalhes o tráfego de cada um dos canais.

Por exemplo, digamos que você queira analisar quantas pessoas estão visitando seu site a partir dos diferentes mecanismos de busca. Para isso, basta acessar Origem/Mídia.

Relatório todo tráfego

Os relatórios ali mostrarão números relacionados ao comportamento dos visitantes e conversões.

Assim, você pode explorar canais que estão mais propensos a trazer visitantes para seu site, ao passo que verifica quais precisam ser otimizados.

Redes Sociais

Digamos que você trabalhe procurando trazer seu tráfego a partir das redes sociais. O Google Analytics tem um relatório exclusivo para estes canais, em Aquisição > Redes Sociais.

Descubra quantas pessoas estão chegando ao seu site a partir das redes sociais, como Facebook, Instagram, Pinterest e muitas outras.

Relatório redes sociais

Mas, é bem provável que nem todas as páginas compartilhadas nas redes sociais despertem o interesse das pessoas. Quer descobrir quais são aquelas que estão motivando seus clientes a clicarem nos links compartilhados? Em Páginas de Destino você descobre quais são as páginas mais atrativas.

Não se esqueça de que, não importa qual seja o relatório escolhido no Google Analytics, você pode especificar o período que deseja analisar.

Indicar período interesse google analytics

Google Ads

Outro relatório importante está disponível para aqueles que anunciam nos Links Patrocinados. O relatório está na seção Google Ads.

Para usar estes dados, suas campanhas precisam estar integradas ao Google Analytics.

Aqui, você encontra diversas informações sobre suas campanhas, como as Consultas de Pesquisa e Palavras-chave que estão trazendo visitantes às suas páginas, por meio dos Links Patrocinados.

relatórios google ads

Cada um destes relatórios listam informações relacionadas a aquisição e comportamento.

Por exemplo, você pode analisar a taxa de rejeição para cada um dos termos de pesquisa, mostrando quais são aqueles que conseguem manter seus clientes por mais tempo navegando em seu site.

Search Console

O Google Analytics também está integrado ao Google Search Console, trazendo relatórios sobre Páginas de Destino, Consultas, Dispositivos utilizados e Países de acesso.

Campanhas

Na guia Campanhas, são apresentados dados sobre suas páginas configuradas com parâmetros UTM. Estes parâmetros são códigos adicionais inseridos na URL que ajudam o Google Analytics a mostrar resultados específicos daquele endereço. Por exemplo, quantas pessoas chegaram até esta página por meio de uma campanha no Facebook e no Instagram.

Comportamento

Outro grupo de relatórios do Google Analytics é o Comportamento.

Como percebido pelo nome, ele está concentrado em mostrar o que os visitantes fazem em seu site, ou seja, o seu comportamento.

Em Visão Geral, encontre o número de visitas que suas páginas tiveram dentro do período escolhido, tempo médio de permanência, taxa de rejeição e outros detalhes.

Comportamento google analytics

Fluxo de Comportamento

Aqui você encontra a seção Fluxo de Comportamento. Ele mostra o caminho seguido pelos visitantes em seu site, todas as páginas visitadas, desde a entrada até a saída.

Fluxo de comportamento google analytics

Use este diagrama para ver quais são as páginas que conseguem manter seu visitante navegando no seu site e quais são aquelas onde o fluxo de saída é maior.

Conteúdo do Site

A seção Conteúdo do Site mostra a forma como seus clientes interagem com seu conteúdo.

Em Detalhes do Conteúdo, você encontra dados de interação sobre as categorias do seu site.

Relatório conteúdo site

Assim, você tem informações não apenas sobre páginas individuais, mas sobre categorias de produtos e assuntos em seu site.

Em Páginas de Saída, veja os locais onde os visitantes abandonam seu site. Será que há oportunidades para mantê-los mais tempo no website, talvez enviando-os para outras páginas? Este relatório vai ajudá-lo a saber exatamente onde estes esforços devem ser direcionados.

Relatório páginas saída

Velocidade do Site

Se não quiser perder clientes valiosos, seu site não pode demorar para carregar. Portanto, este relatório vai ajudá-lo a fazer uma vistoria neste respeito.

Em Visão Geral, você terá um resumo do tempo de carregamento.

Relatório velocidade site google analytics

O relatório mostra o tempo de carregamento médio em cada um dos navegadores.

Note que, além disso, há diversas métricas nesta página.

É bom que você entenda o significado de cada uma delas:

  • O Tempo médio de carregamento da página: Tempo médio (em segundos) que uma página demora para carregar, desde o início da visualização de página até a conclusão do carregamento;
  • Tempo médio de redirecionamento: Tempo médio gasto em redirecionamentos antes de carregar uma página;
  • Tempo médio da consulta de domínio: Tempo médio gasto na pesquisa de DNS (sistema de nomes de domínio) desta página. É graças a esta consulta que você não precisa digitar 216.58.217.206 para acessar a página do Google;
  • Tempo médio de conexão do servidor: Tempo médio gasto com o estabelecimento de uma ligação TCP (Protocolo de Controle de Transmissão) para uma página. Ou seja, o tempo necessário para enviar e receber dados;
  • Tempo médio de resposta do servidor: Tempo médio que o servidor leva para responder a uma solicitação do usuário, incluindo o tempo de rede da localização do usuário ao seu servidor;
  • Tempo médio de download da página: Indica o tempo médio de transferência desta página.

Use o relatório Tempo na Página para comparar o tempo de carregamento individual em comparação com o tempo de carregamento total do site.

Em seguida, o Google Analytics apresenta Sugestões de Velocidade. Aqui você terá uma mãozinha do Google para otimizar páginas específicas do seu site. Basta clicar nos links da coluna Sugestões de PageSpeed.

Sugestões velocidade google analytics

A coluna Pontuação do PageSpeed é um indicador para verificar necessidade de melhorias. Uma pontuação elevada mostra que o site está otimizado. Uma pontuação baixa indica que é necessário realizar melhorias. Mas, não se preocupe, a coluna mostra o que precisa ser corrigido.

Tempos do Usuário apresenta o tempo de carregamento de elementos específicos, como por exemplo, um vídeo.

Pesquisa Interna

A próxima seção é a Pesquisa Interna. Os dados apresentados aqui indicam como as pessoas estão usando o campo “pesquisar” dentro do seu website.

Você verá quais são as palavras-chave utilizadas pelos usuários nas buscas internas. Você pode aproveitar estas informações para criar novas palavras-chave para suas campanhas publicitárias no Google Ads. Afinal, trata-se de “assuntos” que interessam ao público-alvo.

Na guia Uso, compare quantas visitas geraram pesquisas internas em comparação com as visitas que não resultaram em buscas internas.

Saiba quais são os termos utilizados pelos seus visitantes no relatório Termos de Pesquisa. E veja quais são as páginas acionadas e visitadas a partir destas buscas em Páginas de Pesquisa.

Eventos

Os Eventos estão ali para rastrear interações específicas com o conteúdo do seu site, como reproduções de vídeos, download de arquivos, etc. O uso deste relatório depende de um código de rastreamento instalado em seu site.

Além de visualizar seus eventos, acompanhe quais Páginas estão gerando maior engajamento neste quesito. Por exemplo, de todas as suas páginas com vídeos e downloads de e-books, quais delas estão se saindo melhor?

relatório eventos analytics

Em Fluxo de Eventos, você acompanha o caminho dos seus clientes quando interagem com seus eventos. É necessário configurar o fluxo de eventos para usar este relatório.

Conversões

Quando as pessoas visitam seu site, você espera que elas realizem determinadas ações de conversão, certo? Estas ações precisam ser bem específicas para que você compreenda os resultados.

Este conjunto de relatórios mostra como isso acontece.

Metas

Em Visão Geral são apresentados os totais de conversões em seu site.

metas analytics

URLs de Meta mostram em quais endereços do seu site, seus clientes convertem.

Caminho Reverso mostra as últimas três etapas antes da conclusão de uma conversão. Assim, você visualiza não apenas as conversões em si, mas também os passos que conduzem a elas.

Em Visualização de Funil veja um gráfico intuitivo. Assim, você entenderá os caminhos até a conversão, e visualizará onde as pessoas estão abandonando o processo.

relatório visualização funil

Comércio Eletrônico

A seção Comércio Eletrônico é exclusiva para e-commerces.

Em Visão Geral, veja quantos produtos foram vendidos, o valor médio dos pedidos e a taxa de conversão.

Desempenho do Produto apresenta o desempenho individual dos seus produtos. Portanto, se alterar o período do relatório, poderá descobrir que alguns produtos vendem mais em determinadas épocas do ano. Isto é perfeito para entender a sazonalidade dos seus produtos.

Veja a receita total do seu comércio virtual usando o relatório Desempenho de Vendas. O desempenho pode ser apresentado no nível “diário”.

Em Transações você tem acesso a dados como lucro do seu e-commerce, impostos e quantidade de produtos adquiridos em cada sessão.

Finalmente, temos dados do Tempo Até a Compra. Quanto tempo seus clientes levam para concluir uma compra? Este relatório vai responder. Portanto, utilize esta informação para identificar falhas que podem fazer com que clientes abandonem o carrinho de compras.

Funis Multicanal

Estes dados estão aqui para ajudar você a compreender a jornada do seu cliente até a compra. Aqui você entenderá como cada elemento do seu site contribuiu para a conversão. Por exemplo, o impacto de uma postagem no blog antes do cliente visitar a página de compra e adquirir seu produto.

Comece analisando a Visão Geral. Descubra o impacto de cada um dos canais de marketing nas suas vendas.

funis multicanal

As Conversões Assistidas mostram como os canais influenciam as compras, porém, de forma indireta. Por exemplo, o blog de uma empresa pode conduzir a uma conversão. No entanto, esta venda não acontece de forma direta, apenas posteriormente. Essas informações são apresentadas nas Conversões Assistidas.

conversões assistidas

Os Caminhos de Conversão Mais Comuns dão uma visão mais completa. De forma intuitiva, eles mostram o trajeto do cliente até chegar à conversão na loja virtual.

relatório caminhos conversão mais comuns

Tempo Até a Conversão é o relatório que mostra o espaço de tempo para o cliente realizar uma compra depois da primeira visita ao seu e-commerce.

Já os dados em Tamanho do Caminho apresenta o número de interações que seu cliente realizou no seu site antes da conversão.

Atribuição

Esta seção disponibiliza apenas um relatório: a Ferramenta de Comparação de Modelos. Ela permite que até três modelos de atribuição sejam comparados, simultaneamente. Portanto, você pode entender como a alteração em uma atribuição altera o número de conversões.

Quais os benefícios de usar Google Analytics

Como mencionado, uma das vantagens de utilizar o Analytics é que você fica sabendo detalhes sobre seu público e o comportamento dele.

E este conhecimento baseado em dados ajuda você a tomar decisões mais assertivas.

Assim, você descobre, por exemplo, que tipo de conteúdo pode ser mais explorado com o Google Ads. Pode identificar quem são as pessoas que estão convertendo com maior facilidade e, então, criar anúncios no Google Ads para exibir seus Links Patrocinados para outras pessoas que tenham comportamentos semelhantes.

Assim sendo, você não toma decisões baseadas no “achômetro”. Suas decisões são tomadas com base em dados analíticos, ou seja, um alicerce sólido.

Como instalar Google Analytics no seu site

Depois do que foi considerado, você deve estar ansioso para ter o Google Analytics rodando em seu site.

Para configurá-lo, você precisa do código de acompanhamento.

Para isso, o primeiro aspecto é que você precisa ter uma conta Google (conta Gmail).

Em seguida, você acessa a página analytics.google.com para efetivar sua inscrição. Clique em Inscrever-se.

como configurar google analytics

Você será redirecionado para a página de configuração de sua conta.

A primeira informação que deve preencher é o “nome da conta”.

como configurar google analytics

Em seguida, note que há diversas caixas marcadas como “Recomendável”. Elas se referem às Configurações de Compartilhamento de Dados da Conta. Cada opção é explicada em detalhes. Em resumo, elas se referem à permissão que você concede para que o Google e especialistas analisem os dados coletados.

Clique em Próxima.

Você será levado à próxima etapa “O Que Você Quer Avaliar”.

O Analytics quer saber o que você deseja analisar: seu site ou seu aplicativo. Existe uma terceira opção para análise conjunta de ambos.

como configurar google analytics

Vamos supor que você deseje analisar seu site. Por padrão, esta opção já estará selecionada. Basta clicar em Próxima.

Chegamos às configurações das propriedades.

como configurar google analytics

Insira o nome e URL do seu site.

Note que, na opção URL do website, você precisa indicar se seu site é http ou https.

como configurar google analytics

Você também pode selecionar a categoria do seu negócio, e especificar o fuso horário dos relatórios.

Depois disso, basta clicar em Criar.

Em seguida, será apresentado os termos de serviço do Google Analytics, que você deve ler e aceitar antes de prosseguir.

A próxima página vai apresentar os códigos de acompanhamento.

como configurar google analytics

Este é o código que você deve inserir em seu site para começar a rastrear toda a interação do seu público-alvo!

Instalar o código de acompanhamento no site

Em seguida, basta inserir o código de acompanhamento em seu site.

Este processo deve ser feito por alguém que realmente saiba o que está fazendo, como o desenvolvedor ou quem gerencia o site. Qualquer alteração indevida nos códigos do seu site poderá resultar em mau funcionamento.

No WordPress, você deve fazer o login e procurar a opção Aparência > Editor.

instalar código acompanhamento google analytics

Depois, no HTML do seu site, localize a tag </head>.

Antes dela, você deve inserir aquele código de acompanhamento gerado pelo Google Analytics.

Existem plugins do WordPress que facilitam este processo. Um deles é o Insert Headers and Footers. Desta forma, você não precisa editar os arquivos do seu tema.

plugin insert headers footers

Assim, basta inserir o código de acompanhamento na área do Head, e o plugin faz o restante do trabalho.

Você também pode instalar o plugin GA Google Analytics.

Depois de instalar e ativar o plugin, pode deve acessá-lo em Configurações > Google Analytics.

Em seguida, na aba Plugin Settings, você verá a opção GA Tracking ID. Neste campo, você deve inserir o ID de acompanhamento disponibilizado lá na página do Analytics (UA-XXXXXXXX).

google analytics tracking

Salve as configurações.

Pronto! Depois disso, o Google Analytics iniciará o processo de acompanhamento dos seus dados.

Nesta altura, você já pode fazer um teste.

1. Entre no seu site.
2. Vá no Google Analytics e clique em “Página Inicial”
3. Veja a coluna “Usuários Ativos Agora”. Se a instalação do código foi correta, você já deve visualizar pelo menos um usuário ativo no site (no caso, você mesmo).

Conclusão

Portanto, tomada de decisões corretas envolve conhecer bem o público-alvo. E o Google Analytics serve a este propósito.

Assim, independentemente de você ser um anunciante do Google Ads ou não, esta solução é extremamente valiosa para o seu marketing digital.