Canais pagos ou canais de mídias pagas: O que são? Como funcionam?

20/06/2022 by in category Anúncios with 0 and 1
Home > Blog > Anúncios > Canais pagos ou canais de mídias pagas: O que são? Como funcionam?

Neste artigo, entenda o que são os canais de mídias pagas. Confira quais são os principais canais pagos e como divulgar sua empresa neles.

Canais de Mídias Pagas, Canais Pagos ou Mídia Paga – alguma vez você já ouviu falar nestes termos?

Se a resposta for sim, talvez esteja se perguntando o que eles significam.

Portanto, neste artigo, vamos esclarecer estas dúvidas. Saiba o que são os canais de mídia paga ou canais pagos.

O que são canais de mídia paga ou canais pagos?

Canais de mídia paga ou canais pagos são definidos como plataformas que reservam espaços na internet para exibição de anúncios. Já as mídias pagas são os anúncios em si, também conhecidos como Links Patrocinados. Eles fazem parte do ecossistema de anúncios PPC (pay per click) e social ads. Ou seja, embora estes termos sejam novos, eles se referem às mesmas soluções de publicidade que estamos acostumados a ver na internet.

Assim, em resumo:

  • Canais de mídias pagas ou canais pagos: plataformas que reservam espaços publicitários para exibição de anúncios, como o Google e outros sites na internet.
  • Mídias pagas: os anúncios.

Os 10 principais canais de mídia paga da internet

De fato, o marketing digital oferece diversas opções de mídia paga.

Assim, confira esta lista com os principais canais pagos da internet.

  1. Google
  2. YouTube
  3. Facebook
  4. Instagram
  5. LinkedIn
  6. Twitter
  7. Taboola
  8. Criteo
  9. TikTok
  10. Pinterest

1. Google Ads

Google Ads é o maior canal de mídia paga do planeta.

As empresas que divulgam seus negócios neste canal podem exibir mídias pagas (anúncios) em sites como:

  • Rede de pesquisa (Google.com).
  • Rede de Display (milhões de sites e aplicativos parceiros do Google).
  • Plataformas de propriedade do Google, como Maps, Gmail e assim por diante.
  • Parceiros de pesquisa, como Walmart, UOL e muitos outros.

Este canal de mídia paga oferece diversos tipos de campanhas de acordo com as metas e o orçamento da empresa anunciante.

Os principais tipos de campanha de mídia paga do Google Ads são os seguintes:

  • Pesquisa: exibe anúncios de texto na rede de pesquisa do Google.
  • Rede de Display: exibe mídias pagas de diversos formatos em sites e aplicativos parceiros.
  • Shopping: mídias pagas com fotos de produtos que aparecem no Google Shopping, rede de pesquisa e outros sites.
  • Vídeo: mídia paga no formato de vídeo que aparece no YouTube e outros sites da internet.
  • App: campanha para exibir mídias pagas que geram download de aplicativos e estimulam engajamento.
  • Performance Max: permite criar uma única campanha e exibir mídias pagas em todas as redes do Google.

2. YouTube

O YouTube é um canal pago que integra o time do Google.

Ele é o 2º site mais acessado do planeta. Além do alcance, vale destacar que os vídeos têm um grande poder de engajamento.

Estes são motivos suficientes para você pensar neste canal de mídias pagas como forma de promover seus negócios.

As principais mídias pagas disponíveis no YouTube são as seguintes:

  • In-stream: anúncios que aparecem antes, durante ou depois do vídeo principal. Podem ser puláveis ou não-puláveis.
  • Bumper Ads: são mídias pagas em vídeo curtas, de 6 segundos de duração, que os usuários não podem pular.
  • Masthead: mídias pagas de grande destaque que aparecem na parte superior da página inicial do YouTube.

3. Facebook

O Facebook também é um canal de mídia paga, visto que é uma plataforma que veicula conteúdo patrocinado (anúncios).

Entre os formatos de mídias pagas que o Facebook oferece, podemos destacar:

  • Anúncios com imagens.
  • Anúncios em vídeo.
  • Carrossel: permite exibir até dez imagens ou vídeos na mesma mídia paga, cada qual com seu próprio link.
  • Coleção: esta mídia paga exibe um vídeo ou imagem principal com três imagens menores em um design parecido com uma grade.

Quando você cria mídias pagas no Facebook é possível estender esta publicidade para o Instagram. Além dos tradicionais anúncios com imagens, vídeos e carrossel, o Instagram Ads também possui mídias pagas para Stories, Reels e Loja do Instagram.

4. Instagram

Quando você cria mídias pagas no Facebook é possível estender esta publicidade para o Instagram.

Desta forma, o Instagram também funciona como um canal pago onde muitas empresas promovem seus negócios.

Além dos tradicionais anúncios com imagens, vídeos e carrossel, o Instagram Ads também possui mídias pagas para Stories, Reels e Loja do Instagram.

5. LinkedIn

A rede de negócios LinkedIn também é um canal pago.

De fato, o LinkedIn possui poderosos recursos de segmentação para que as empresas consigam alcançar os profissionais certos ao fazer marketing B2B.

Os principais tipos de mídia paga disponíveis no LinkedIn Ads são os seguintes:

  • Anúncios com imagens e em vídeo.
  • Carrossel.
  • Anúncios em mensagem: anúncios que chegam como mensagens na caixa de entrada do público-alvo.
  • Formulários para geração de leads: tipo de mídia paga que exibe um formulário previamente preenchido com os dados do perfil.

6. Twitter

Outro canal de mídia paga é o Twitter. Nesta rede social, também é possível criar anúncios para alcançar o público-alvo.

O principal formato de mídia paga disponível aqui são os Anúncios Promovidos.

Funciona assim: a empresa escolhe um tweet que postou de forma orgânica e faz dele um anúncio, impulsionando-o.

Desta forma, o tweet pode alcançar um número maior de pessoas, inclusive o público que ainda não é seguidor da empresa.

Mas quais são os principais tipos de mídias pagas do Twitter?

  • Anúncios no formato de texto, imagem e vídeo.
  • Carrossel.
  • Moment: coleção de tweets que vai além dos 280 caracteres.
  • Takeover da timeline: coloca as marcas no topo da conversa pois é a primeira mídia paga do dia que aparece para as pessoas.

7. Taboola

A principal característica deste canal pago é a publicidade nativa. Isto significa que as mídias pagas aparecem como conteúdo relacionado na página.

Desta forma, os anúncios não se parecem com anúncios.

Por este motivo, este canal pago é uma boa opção para quem quer anunciar conteúdo, como artigos patrocinados, em vez de simplesmente banners e links para páginas de produtos.

Mas além deste conteúdo patrocinado, o Taboola oferece o Branding Video. Como o nome já sugere, são vídeos atraentes e sem interrupções.

8. Criteo

Esta plataforma de mídias pagas funciona como uma rede de anúncios programáticos no formato de remarketing.

Por meio dele, as empresas conseguem exibir mídias pagas não apenas em um canal pago, mas em vários como Google e Facebook.

As mídias pagas do Criteo se adaptam à estrutura e aparência do site onde aparecem.

9. TikTok

O TikTok é uma rede social de compartilhamento de vídeos curtos e também funciona como canal de mídias pagas.

Especialmente para as marcas que desejam alcançar um público mais jovem, o TikTok pode ser um canal pago com ótimos resultados.

As mídias pagas no TikTok também aparecem no formato de vídeos curtos, oferecendo uma experiência mais imersiva para os clientes.

Entre as opções de anúncios do TikTok podemos destacar:

  • Brand Takeover: mídias em formato de vídeos de 3 a 5 segundos de duração.
  • Vídeos no feed: vídeos de até 60 segundos que aparecem no feed do usuário.
  • Branded Effects: mídias pagas que usam tecnologia 3D e realidade aumentada para dar maior destaque aos vídeos.

10. Pinterest

Esta famosa rede social para compartilhamento de fotos e ideias criativas também é um canal de mídias pagas.

Isto porque o Pinterest oferece espaço para exibição de anúncios. Eles aparecem em formato de vídeo, estático e coleções.

As mídias pagas do Pinterest são essencialmente visuais, como a rede social. Os pins orgânicos podem ser impulsionados e transformados em anúncios, além de ser possível criá-los diretamente como mídias pagas.

Por que usar mídias pagas?

Cada canal de mídias pagas possui suas próprias características.

Mas, em geral, podemos destacar as vantagens das mídias pagas como sendo as seguintes:

  • Exibição rápida: em geral, assim que você publica uma mídia paga, ela já começa a ser veiculada. Da mesma forma, você alcança resultados de forma mais rápida.
  • Segmentação poderosa: os anúncios não aparecem de forma aleatória. Na verdade, você define diversos critérios de segmentação, como dados demográficos e interesses, para alcançar as pessoas certas. Além disso, é possível escolher dias, horários e regiões geográficas onde as mídias pagas devem aparecer.
  • Mais visitantes em seu site: as mídias pagas aparecem para as pessoas certas, no momento em que mais precisam de você. Isto ajuda a atrair um grande volume de visitas de qualidade que ajudarão a aumentar as conversões.
  • Controle sobre gastos: visto que as mídias pagas funcionam como um leilão, você escolhe quanto quer pagar por clique, impressão ou visualização.
  • Relatórios detalhados: os canais pagos costumam apresentar relatórios detalhados sobre o desempenho das campanhas e como você está gastando cada real.
  • Flexibilidade ao ajustar as mídias: você altera os textos, imagens e vídeos das mídias pagas quando quiser. Em seguida, o canal pago começa a veicular de imediato a nova versão do anúncio.
  • Remarketing: permite exibir anúncios personalizados somente para pessoas que já visitaram seu site ou usaram o aplicativo da sua empresa.

Quanto custa anunciar nos canais pagos?

Embora cada canal pago possua algumas características específicas de pagamento, em geral, eles funcionam da mesma forma.

Assim, em todos eles temos o sistema de leilão. Neste leilão, você define o valor que está disposto a pagar por cliques, impressões ou outras ações de cobrança, como visualização de anúncios em vídeo.

Em geral, os canais de mídia paga pedem que você defina um orçamento diário que é o valor máximo que você está disposto a pagar por dia.

Consultoria especializada em canais de mídias pagas

Visto que as mídias pagas são muito vantajosas para as empresas, existe muita concorrência neste ramo.

Assim, para conseguir aparecer em destaque em um canal de mídia paga, muitas empresas recorrem à consultoria especializada.

Por exemplo, o Google Ads criou um programa de certificação conhecido como Google Partner. Somente as agências que atendem aos elevados requisitos do Google Ads conseguem este selo.

Além disso, para as agências Google Partner que se destacaram na prática, ajudando empresas clientes a alcançar resultados superiores, existe um selo especial: o Google Partner PREMIER.

De fato, contratar uma consultoria é a melhor forma de você aproveitar seu investimento ao colocar sua empresa em destaque nos canais pagos.

Concluindo

Portanto, sempre que você ler sobre canais pagos, lembre-se que estes são espaços para veicular anúncios na internet.

Da mesma forma, quando ouvir falar em mídias pagas, basta lembrar que são os bons e velhos Links Patrocinados.

Ou seja, não há nada de novo. De fato, são apenas termos diferentes que estão sendo usados nos meios digitais.

Clinks ®️ | Google Ads Partner PREMIER

CNPJ: 08.194.590/0001-42

Política de privacidade e termos de uso

Trabalhe conosco

Mapa do Site