Anúncios Dinâmicos da Rede de Pesquisa – Como aparecer mais vezes no Google usando anúncios DSA

05/01/2021 by in category Anúncios, Google Ads with 0 and 1
Home > Blog > Anúncios > Anúncios Dinâmicos da Rede de Pesquisa – Como aparecer mais vezes no Google usando anúncios DSA

Vivemos em um mundo onde grande parte das pesquisas diárias são inéditas. Assim, os anúncios dinâmicos da rede de pesquisa (DSA) surgem como a solução ideal para capturar tráfego qualificado.

Com este formato, você consegue criar anúncios relevantes de forma dinâmica e automática.

Neste artigo, saiba tudo sobre os anúncios dinâmicos da rede de pesquisa.

Você vai entender como eles funcionam. Além disso, vai saber como usar este formato de anúncio para aparecer mais vezes no Google em pesquisas que tenham tudo a ver com sua empresa.

Por que precisamos de anúncios dinâmicos?

Segundo o Google, cerca de 15% das pesquisas que acontecem todos os dias no buscador são novas.

Assim, é natural se perguntar: como conseguir criar anúncios que cubra toda esta demanda, sendo que estamos falando de termos inéditos?

Na verdade, é impossível cobrir toda esta demanda de forma manual.

E é aí que entra esta solução inteligente do Google que vai fazer toda a diferença nos seus negócios.

O que são anúncios dinâmicos da rede de pesquisa?

Os anúncios dinâmicos da rede de pesquisa foram criados para gerar anúncios de forma automática. Com eles, você consegue criar anúncios mesmo que as pessoas digitem termos que não estão em sua lista de palavras-chave (desde que tenham tudo a ver com seu negócio).

Com este formato, o Google Ads varre as páginas da empresa anunciante, cria títulos de forma automática e direciona o usuário para a página de destino mais relevante.

Mas, como os DSAs conseguem isso?

Na verdade, estamos bem familiarizados com o funcionamento deste sistema. Afinal, o algoritmo dos anúncios dinâmicos é o mesmo que faz a varredura de sites para os resultados orgânicos.

E assim como acontece no SEO, aqui o Google também varre o site para encontrar conteúdo que esteja diretamente relacionado com o que o usuário está procurando. Quando ele encontra, ele cria um anúncio dinâmico personalizado para aquele termo de pesquisa.

Assim, já deu para perceber que os anúncios dinâmicos da rede de pesquisa não utilizam palavras-chave. O que o Google Ads faz é verificar o conteúdo do site para escolher em quais pesquisas seu anúncio vai aparecer.

O que você precisa fazer

Basicamente, todo o trabalho é realizado pelo Google.

Mas, há duas coisas que você precisa fazer:

Uma delas é escolher as opções de segmentação dos anúncios, ou seja, quais páginas serão segmentadas. Veremos mais detalhes sobre isso a seguir.

A outra tarefa é adicionar descrições dos anúncios. Como já mencionamos, os anúncios dinâmicos criam os títulos de forma automática. No entanto, espera-se que você escreva as descrições. É mais ou menos o que acontece no SEO, quando escrevemos as meta descriptions para páginas e posts. Com isso, você ajuda o Google a construir anúncios relevantes.

Depois de concluir estas etapas, o Google assume as rédeas, analisando a busca do usuário e as páginas do site.

Que páginas do meu site aparecem no DSA?

Talvez você se pergunte quais páginas do seu site estão habilitadas para aparecer nos anúncios dinâmicos da rede de pesquisa.

Existem 5 opções de segmentação e você precisa escolher uma delas:

  1. Selecionar URLs específicas. É ideal para empresas que anunciam poucas páginas. Esta opção possui um limite de 20 URLs.
  2. Upload de feed de páginas. Ideal para quem tem diversas páginas para anunciar e deseja fazer um upload em massa dos endereços.
  3. Categorias. O conteúdo é categorizado pelo Google e o anunciante especifica quais categorias deseja anunciar. Assim, todas as páginas que pertencem a ela estão aptas para aparecerem nos anúncios do Google.
  4. URLs que já estão sendo anunciadas em campanhas de Links Patrocinadas. Com esta opção, o Google se concentra somente nestas páginas para gerar anúncios de acordo com a pesquisa dos usuários.
  5. Todo o site. Aqui todas as páginas estão aptas para serem segmentadas. Mas, se quiser deixar alguma de forma, é preciso fazer isso manualmente.

Vantagens dos anúncios dinâmicos de pesquisa (DSA)

A grande vantagem deste formato é que você consegue uma maior cobertura. Afinal, qualquer termo digitado pelos clientes, ainda que não estejam em sua lista de palavras-chave, é um potencial gatilho para disparar a exibição dos anúncios.

Com a maior cobertura, você está apto para aparecer em mais leilões. E as chances de receber mais cliques e mais conversões aumenta proporcionalmente.

Outra vantagem é que os títulos são criados de acordo com a pesquisa do usuário. E sabemos que quanto mais correspondente for o título e o termo de pesquisa, maior a chance de receber um clique.

Outra vantagem é que você consegue entender melhor os hábitos de pesquisa do seu público. Analisar os relatórios de termos de pesquisa vai te ajudar a encontrar novas ideias de palavras-chave e estratégias.

A necessidade de otimizar os anúncios dinâmicos

E é importante lembrar: você precisa otimizar campanhas de anúncios dinâmicos da rede de pesquisa.

O Google Ads procura tornar seu algoritmo ainda mais eficiente na geração do anúncio certo para cada pesquisa.

No entanto, cabe ao analista de Links Patrocinados selecionar quais páginas segmentar, além de criar as descrições certas.

E não pára por aí. Afinal, se identificar que alguns termos são pouco relevantes para os negócios, é necessário negativar estas palavras. Assim, você evita a exibição dos seus anúncios em pesquisas que não geram vendas.

Por isso, não dá para criar anúncios dinâmicos de pesquisa e esquecer. Você precisa monitorar as campanhas para garantir que elas estão redondinhas de acordo com suas metas.

Concluindo

Portanto, aliar os anúncios dinâmicos de pesquisa aos demais formatos de Links Patrocinados pode ser um excelente negócio para sua empresa.

Afinal, com esta estratégia, você consegue alcançar um maior número de pessoas que estão interessadas em seus produtos ou serviços.

Mas, para ampliar seu alcance em toda a internet, conheça os tipos de anúncios do Google Ads e onde eles aparecem.

Add comment