Quem é John Smith, o comprador que sempre abandona o carrinho de compras

Um mistério no comércio eletrônico: quem é John Smith, o comprador que adiciona diversos produtos ao carrinho de compras, mas nunca finaliza o processo de checkout?

Um tal de John Smith está incomodando alguns proprietários de lojas virtuais no mundo. A razão do incômodo é que o comprador repetidamente adiciona produtos ao carrinho – de suprimentos para o lar até peças automotivas –, mas sempre termina do mesmo jeito: ele abandona o processo sem nunca concluir uma compra.

John Smith até mesmo compartilha alguns dados pessoais como e-mail e endereço físico. Mas, comprar que é bom, ele nunca compra.

A informação foi publicada pelo Wall Street Journal destacando as atividades do comprador de nome genérico.

Isto já aconteceu com você? John Smith já visitou seu site algumas vezes e abandonou o carrinho de compras?

Então, continue com a gente que vamos explicar direitinho quem é este “cidadão”.

Quem é John Smith?

Na verdade, John Smith é um bot do Google que visita lojas virtuais. O endereço que o bot deixa nos checkout geralmente é o seguinte:

1600 Amphitheatre Parkway
Mountain View CA 94043
United States

Se você fizer uma busca, vai ver que este é o endereço do GooglePlex.

Mas por que um bot está adicionando produtos ao carrinho de compras?

Segundo entrevista de um porta-voz do Google ao WSJ, o Google faz isso para garantir que os preços dos produtos anunciados no Shopping sejam reais.

Ou seja, o Google quer saber se não há valor discrepante entre aquele que foi anunciado e o preço real pago pelos usuários.

O motivo do incômodo

Os proprietários de lojas virtuais ficam incomodados e argumentam que este comportamento do bot prejudica os relatórios. As constantes visitas inflam as métricas de abandono do carrinho, sendo que não se trata de uma pessoa real.

Para piorar, alguns afirmam que chegam receber diversas visitas do bot por dia.

Além disso, quando as empresas enviam mensagens automáticas para aqueles que abandonaram o carrinho de compras, recebem respostas de que o endereço de e-mail deixado por John Smith não existe.

Políticas do Merchant Center

Sim, como mencionado, alguns proprietários de e-commerce ficam descontentes com estas visitas frequentes. Há inclusive diversas discussões abertas em fóruns na internet sobre o assunto.

Mas, quer esteja ciente disso quer não, os anunciantes do Google Shopping aceitam estas visitas do bot do Google quando concordam com os Termos de Serviço da plataforma de anúncios.

Os termos dizem:

Você concede ao Google o direito de acessar, indexar, armazenar em cache ou rastrear os URLs e o conteúdo disponível através dessas URLs. Por exemplo, o Google pode utilizar um programa de software automatizado para analisar os sites associados a esses URLs.

Portanto, quando aceita estes termos, você autoriza o Google a visitar seu site e rastrear o conteúdo. Desta forma, o bot pode fazer visitas frequentes para garantir que o preço no feed corresponda ao preço final do produto no carrinho.

E o que acontece se houver discrepâncias entre os preços? O Google Shopping reprova os anúncios. Isso acontece, por exemplo, quando uma empresa anuncia frete grátis, mas que acaba cobrando frete dos seus clientes.

No entanto, vale lembrar que estas visitas são aleatórias. Portanto, pode ser que John Smith apareça por aí ou talvez não.

De qualquer forma, visto que você concorda com os termos de serviço, se John Smith resolver visitar seu e-commerce, não há como bloqueá-lo.

E por falar nisso:

Como solução, alguns talvez tentem bloquear o acesso do Google às páginas de destino do e-commerce usando uma restrição do robots.txt. Mas, isso é uma péssima ideia. De acordo com a página de suporte do Merchant Center, fazer isso pode resultar na reprovação dos anúncios.

Impacto nas métricas

É claro que estas visitas podem aumentar artificialmente as métricas de visitas e abandono de carrinho.

Portanto, se você tem recebido as visitas de John Smith, leve isso em consideração ao analisar os relatórios de resultados.

Conheça as boas práticas para anunciar no Google Shopping.