Índice de Qualidade do Google Ads – O que é e como melhorar?

05/02/2021 by in category Otimização, Palavra-chave with 0 and 1
Home > Blog > Otimização > Índice de Qualidade do Google Ads – O que é e como melhorar?

O que é Índice de Qualidade do Google Ads?

O Índice de Qualidade é uma nota que o Google dá para seus anúncios, palavras-chave e páginas de destino. Esta nota é dada levando em consideração 3 fatores:

  1. Taxa de cliques esperada
  2. Relevância do anúncio
  3. Experiência na página de destino

As notas vão de 1 a 10 – quanto maior o número, maior a qualidade. Esta nota é reavaliada com frequência. Ou seja, se seu índice de qualidade está baixo, você pode mudar este cenário rapidamente.

Vantagens de ter um índice de qualidade alto

Anunciantes com um bom índice de qualidade aparecem nas melhores posições no Google, no topo da página.

Isto significa que seu anúncio pode ser visto primeiro. Além disso, as primeiras posições exibem as extensões de anúncios que deixam os links patrocinados maiores e mais chamativos.

Finalmente, um bom índice de qualidade vai fazer com que você pague menos. É exatamente isso: você paga menos para aparecer nas melhores posições. E o contrário também é verdade – segundo dados da ClickEquations, uma palavra-chave com Índice de Qualidade 1 (mais baixo) custa até 6 vezes mais.

Por que o Google criou o índice de qualidade?

Para garantir a exibição dos melhores anúncios. Se o Google usasse os lances como único critério, apenas as maiores empresas conseguiriam exibir anúncios, independentemente de serem bons ou não.

O índice de qualidade, portanto, torna o leilão democrático. E quem ganha são os clientes.

Como aumentar o índice de qualidade

Para melhorar a nota do seu índice de qualidade, você precisa otimizar palavras-chave, anúncios e páginas de destino.

Veja como fazer isso.

1. Como melhorar o índice de qualidade das PALAVRAS-CHAVE

Para conseguir isso, escolha apenas palavras-chave relevantes para seu ramo de negócio. Escolher palavras com pouca relevância, apenas para alcançar mais pessoas, prejudica sua campanha.

No entanto, quando se deparar com uma palavra-chave com baixa conversão, não se apresse em pausá-la. Antes disso, verifique se o problema não está no anúncio. Às vezes acontece de palavras relevantes serem usadas em anúncios ruins. Para tirar a prova real, reescreva o anúncio tentando melhorá-lo, usando a palavra-chave no título, descrição e URL de visualização.

Além disso, sempre consulte o relatório de termos de pesquisa. Afinal, ele ajuda a entender como seu público pesquisa pelo seu produto ou serviço. Este relatório é ótimo para descobrir termos relevantes para trabalhar em suas campanhas.

Outra dica é descobrir palavras de cauda longa. Para isso, você pode usar uma das diversas ferramentas para pesquisa de palavras-chave.

Finalmente, garimpe o Google Analytics para encontrar palavras-chave de cauda longa que trazem visitas para seu site na pesquisa orgânica. Trabalhe as palavras mais relevantes no Google Ads para melhorar o índice de qualidade.

2. Como melhorar o índice de qualidade dos ANÚNCIOS

A taxa de cliques é uma métrica que ensina muito sobre a qualidade dos anúncios. Assim, se o anúncio for bem escrito e bem segmentado, ele chama a atenção das pessoas. E isto, por sua vez, contribui para aumentar o índice de qualidade.

Mas, para conseguir isso, você talvez precisa aumentar o número de grupos de anúncios. Afinal, cada grupo de anúncios deve conter somente palavras-chave relacionadas entre si. Isto permite segmentar e personalizar os anúncios.

Por outro lado, se você deixar palavras-chave sem muita relação entre si dentro do mesmo grupo, o anúncio pode até ser relevante para uma palavra, mas não para as demais. E isto é péssimo para a experiência dos usuários e para o índice de qualidade.

Outra dica interessante é incluir as palavras-chave na copy do seu anúncio. Se possível, utilize a palavra-chave no início do título, na descrição e na URL de visualização.

Por fim, faça uso do apelo emocional nos seus anúncios. Isto inclui os apelos positivos e negativos, mais conhecidos como Dor x Prazer. Por exemplo, um anúncio de um curso de oratório poderia usar a frase: “Aprenda a transformar seu medo em confiança”. Neste caso, o anúncio usaria a Dor para atrair a atenção do público.

3. Como melhorar o índice de qualidade das PÁGINAS DE DESTINO

Mesmo depois do clique, a experiência com o anúncio continua em jogo. Afinal, se o usuário tiver uma experiência negativa na página de destino, isto pode prejudicar toda a campanha.

Por este motivo, o Google Ads avalia a página de destino ao dar a nota do índice de qualidade.

Portanto, para melhorar o índice de qualidade, certifique-se de que os anúncios e as páginas de destino falem a mesma língua. Assim, a página precisa destacar o produto ou serviço que a pessoa pesquisou no Google, sem a necessidade de uma pesquisa adicional no site.

De fato, quando o Google Ads vê que os anúncios e páginas de destino estão conectados aos termos de busca dos usuários, isto aumenta o Índice de Qualidade.

Além disso, quando atualizar um dado na página de destino, se esta mesma informação estiver presente no anúncio, você precisa atualizar o link patrocinado. Isto inclui preços, formas de pagamento, prazos de entrega, detalhes sobre frete e assim por diante.

Finalmente, deixe seu site leve e rápido. Diminuir o tempo de carregamento do site mobile em apenas um décimo de segundo (0,1s) pode aumentar a taxa de conversão em mais de 8%.

Quando o Google percebe que a experiência do site é boa, ele aumenta o índice de qualidade.

Concluindo

Tudo aquilo que você tem a oferecer aos clientes, desde o momento em que seu anúncio aparece até a interação que eles realizam na página de destino, afetam o índice de qualidade.

Assim, se palavras-chave, anúncios e páginas de destino trabalharem em conjunto oferecendo qualidade, velocidade e relevância para os usuários, o Google vai aumentar seu índice de qualidade.

E no final, você vai ocupar as melhores posições e pagará menos por isso.