Como prever desempenho dos anúncios no Google em tempos de instabilidade

14/12/2020 by in category Análise e Monitoramento, Google Ads, Otimização, Relatórios with 0 and 2
Home > Blog > Análise e Monitoramento > Como prever desempenho dos anúncios no Google em tempos de instabilidade

Em cenários de instabilidade como os causados por uma pandemia, o que você deve fazer com o orçamento e as metas da sua campanha? Será que precisa fazer ajustes? Diante de quedas repentinas, como continuar aproveitando ao máximo seu investimento no Google Ads?


Vivemos em um cenário de grande instabilidade. Isso faz com que, da noite para o dia, anunciantes vejam grandes mudanças na demanda.

E com isso estamos nos referindo a quedas e aumentos repentinos.

A COVID-19 trouxe comportamentos assim.

Por exemplo, alguns setores tiveram quedas nas buscas e vendas, especialmente aqueles relacionados a lojas físicas.

Por outro lado, em alguns setores, o volume de buscas na internet por produtos e soluções aumentaram muito. Afinal, como as pessoas deixaram de ir às lojas, a pesquisa online cresceu.

Diante desta realidade onde o futuro é imprevisível, será que é possível prever o desempenho das suas campanhas de anúncios no Google Ads?

Será que vale a pena aumentar o orçamento diário? Por outro lado, como o fato de baixar os lances das suas palavras-chave vai afetar o número de cliques?

Vamos analisar 3 ferramentas oferecidas pelo Google que ajudam os anunciantes e profissionais de marketing a tomar a decisão certa na hora de ajustar metas, lances e orçamentos.

Prever desempenho – O que está envolvido nisso?

Como mencionamos, o cenário de instabilidade faz com que muitos anunciantes se deparem com mudanças repentinas no volume de buscas e vendas.

Diante disso, muitos ficam sem saber o que fazer em relação aos investimentos em anúncios do Google Ads?

Por exemplo, diante de uma queda nas buscas, vale a pena manter o mesmo orçamento diário? Será que eu preciso ser mais agressivo nos meus lances para conseguir aparecer para as poucas pessoas que ainda pesquisam?

Você não precisa de chutômetro para responder estas perguntas.

Veja como as ferramentas abaixo ajudam a tomar decisões certas quanto a mudanças no investimento e como isso vai impactar a performance das campanhas.

1. Planejador de Desempenho

Esta é uma ferramenta de previsão de investimento e resultado.

Visto que esta ferramenta tem acesso a todos os dados do leilão do Google Ads, a previsão dela é muito certeira.

Com o Planejador de Desempenho, você descobre o impacto que suas campanhas sofrerão caso você faça ajustes em lances e palavras-chave. Ele permite criar planos de gastos e prever o desempenho.

Em períodos de instabilidade, no entanto, é recomendado que você faça previsões com uma janela de 7 a 14 dias, no máximo.

Para mais detalhes, criamos um artigo detalhado sobre como usar o Planejador de Desempenho.

2. Aba Recomendações

Ela já foi chamada de Ideias e depois foi rebatizada como Oportunidades.

Por fim, em 2018, ela foi redesenhada, ganhou novos recursos e um novo nome.

Estamos falando da aba Recomendações.

É uma guia que, como sugerido pelo nome, oferece recomendações para você ajustar suas campanhas e tirar o máximo proveito dos seus investimentos.

Segundo o próprio Google, esta ferramenta “analisa o histórico de desempenho da conta, as configurações da campanha e as tendências em todo o Google para gerar automaticamente sugestões que podem melhorar seu desempenho”.

Ou seja, é a inteligência artificial do Google trabalhando para que você apareça e venda mais, além de usar seu dinheiro da forma mais inteligente possível.

Um detalhe interessante é que a aba Recomendações é atualizada em tempo real. Por isso, especialmente em períodos de incertezas, ela é ótima para você encontrar sugestões do que fazer com suas campanhas para obter o melhor desempenho.

Portanto, é muito importante que você sempre consulte as Recomendações.

3. Simulador de metas e orçamento

O Google possui simuladores de lances manuais e de smart bidding.

Esta ferramenta coleta dados dos leilões que você participa e, em seguida, vê o impacto de diferentes configurações no desempenho semanal dos seus anúncios.

Por exemplo, se você estiver utilizando uma estratégia de lances inteligentes, você consegue ver como sua performance pode mudar, se você alterar a meta de CPA ou ROAS, ou alterar o orçamento.

A principal diferença em relação ao Planejador de Desempenho, é que o Simulador de metas é mais estático. Ou seja, o Simulador foca poucos dias a frente, enquanto que, com o Planejador, você consegue fazer uma previsão mais focada no longo prazo.

Assim, para acessar o simulador, lembre-se que ele aparece como um ícone na coluna Orçamento.

ícone simulador de lances

Concluindo

Como visto, em períodos de incerteza, suas campanhas talvez precisem de alguns ajustes de metas e orçamento.

Mas, lembre-se que sempre que você faz isso, o Google Ads reinicia o processo de aprendizado. Ou seja, a inteligência do Google precisa reaprender já que você mudou a direção e valores em suas campanhas.

E neste período em que o Google está reaprendendo, pode ser que haja grande queda no volume de impressões e cliques em seus anúncios.

Por isso, grandes mudanças em termos de metas não devem ser feitas de qualquer forma. Até mesmo testes devem ser feitos de forma responsável.

Neste respeito, as ferramentas acima são úteis para que você tome decisões oportunas, fazendo mudanças de forma responsável, e levando em consideração as oscilações do mercado, suas metas e seu orçamento.