Diferenças entre Google Ads e AdSense – Quais são as mais importantes?

12/05/2021 by in category Links Patrocinados, Rede de Display with 0 and 3
Home > Blog > Links Patrocinados > Diferenças entre Google Ads e AdSense – Quais são as mais importantes?

Qual a diferença entre Google Ads e Google AdSense? É possível utilizar o lucro do AdSense para abater o investimento em Links Patrocinados? Descubra as respostas neste artigo.

Google Ads e Google AdSense. Duas ferramentas poderosas para gerar tráfego e receita para sites e anunciantes.

Algumas pessoas costumam confundir as duas soluções. Outras pensam em estratégias para que o lucro com AdSense possa ser usado para abater os investimentos em Google Ads.

Mas quais são as diferenças básicas entre essas duas soluções? É possível interligar o faturamento de ambos? E será que o Google AdSense pode melhorar o posicionamento de seu site nos resultados de pesquisa?

Google Ads e Google AdSense: Suas diferenças

A diferença básica entre Google Ads e AdSense são os dois grupos que os usam: editores e anunciantes.

Os editores de conteúdo são aqueles que usam o Google AdSense. São proprietários de sites que oferecem espaços publicitários em suas páginas para exibir anúncios. Estes editores ganham um valor por clique nos anúncios.

Para os anunciantes, porém, o caminho é o Google Ads. Esta é a solução para quem quer expandir os negócios e aumentar as vendas.

Ao criar suas campanhas de Links Patrocinados, o anunciante decide se quer que seus anúncios apareçam apenas na Rede de Pesquisa ou também em sites parceiros. Neste último caso, o AdSense exibe os anúncios do Google Ads em sites individuais.

De fato, ambas as soluções exibem anúncios. No entanto, a demanda no Ads é mais poderosa, já que os Links Patrocinados aparecem somente quando o usuário estiver procurando pelo seu produto ou serviço.

Dúvidas sobre a relação Google Ads x AdSense

1. Posso usar meu lucro com AdSense para pagar campanhas no Ads?

Imagine a seguinte situação: você cria uma campanha para exibir anúncios na Rede de Pesquisa. Ao mesmo tempo, você se cadastra no Google AdSense como editor de conteúdo. Assim, por meio dos anúncios você traz tráfego para seu site. E por meio do Google AdSense você ganha algum dinheiro, abatendo os gastos com o Ads.

Embora esta estratégia possa soar como música aos ouvidos, devemos ter em mente pelo menos três pontos:

  1. É praticamente impossível cobrir os gastos do Google Ads com o AdSense, visto que o CPC do primeiro é quase sempre maior que o lucro do segundo. Aliás, a diferença entre ambos pode ser bem grande. No máximo, você consegue abater uma fração do seu investimento em Links Patrocinados.
  2. Não há possibilidade de você transferir seus lucros do AdSense de forma automática para o Ads.
  3. É preciso tomar cuidado para não violar políticas de publicidade sobre arbitragem. Neste caso, o Google Ads pode reprovar um site que exibe muitos anúncios.

2. Participar no Google AdSense melhora a posição do meu site na Pesquisa?

A resposta é não. De fato, o próprio Google diz: “Nossos resultados de pesquisa não são influenciados por nossos relacionamentos com anunciantes nem com editores”.

Assim, colocar links do seu site nos parceiros da Rede de Display por meio do Google AdSense, não aumenta seu PageRank.

Concluindo

Portanto, se você é um editor de conteúdo, uma parceria com o Google AdSense pode lhe render um bom dinheiro.

Por outro lado, se deseja anunciar seu site no Google, os Links Patrocinados do Ads vão te ajudar a colocar seu site em destaque na Rede de Pesquisa e também entre os milhões de sites parceiros da Rede de Display.

Mas, se deseja saber mais sobre isso, entenda como funciona uma gestão de anúncios no Google Ads.