Como usar o relatório de pesquisa paga e orgânica para impulsionar SEO e PPC

18/01/2022 by in category Relatórios with 0 and 3
Home > Blog > Relatórios > Como usar o relatório de pesquisa paga e orgânica para impulsionar SEO e PPC

Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica do Google Ads permite que anunciante entenda relação entre os resultados orgânicos e patrocinados sobre tráfego no site.

Entre os diversos relatórios do Google Ads, você precisa conhecer e utilizar o Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica.

Com ele, você descobre quantas vezes seu site aparece em resultados orgânicos e pagos e quais foram os termos que as pessoas usaram nas buscas.

Neste artigo, entenda as vantagens de usar o relatório de pesquisa paga e orgânica e como acessar este relatório no Google Ads.

O que é Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica

O Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica é definido como um relatório que permite identificar quantas vezes seu site aparece em resultados orgânicos e patrocinados na rede de pesquisa. Além disso, o relatório mostra quais são os termos que acionaram a exibição do seu site nos dois tipos de resultados. No caso dos anúncios, ele avalia somente os anúncios de texto.

Portanto, com este relatório você entende como SEO e Links Patrocinados trabalham em conjunto para melhorar os resultados de sua empresa no Google.

Como acessar o relatório de pesquisa paga e orgânica

Antes de começar a usar o relatório de pesquisa paga e orgânica, você precisa ativá-lo. Para isso você precisa vincular sua conta do Search Console ao Google Ads. Afinal, é o Search Console quem disponibiliza os dados orgânicos.

Vale lembrar que os dados orgânicos começam a aparecer no relatório somente depois de você vincular as duas ferramentas. Dados anteriores à vinculação não aparecem.

Após isso, para acessar o relatório, siga os passos abaixo:

  1. No Google Ads, clique no botão Relatórios, na parte superior.
  2. Em seguida, clique em Relatórios predefinidos > Básicos > Pago e orgânico.

O relatório divide-se em 3 categorias: Anúncios, Orgânico e Anúncios e orgânicos combinados.

Existem diversas colunas disponíveis no relatório, por exemplo:

  • Cliques no anúncio
  • Impressões dos anúncios
  • CTR dos anúncios
  • CPC médio dos anúncios
  • Cliques orgânicos
  • Consultas orgânicas
  • Posição média orgânica
  • Anúncios e cliques orgânicos
  • Cliques combinados

Tenha em mente que o Google atualiza o Relatório de Pesquisa Paga e Orgânica apenas uma vez por dia.

5 formas de usar o relatório de pesquisa paga e orgânica de forma estratégica

1. Entender a relação entre orgânico e pago

Por exemplo, em uma consulta, quantas pessoas acessam seu site a partir de resultados orgânicos e pagos?

Você consegue descobrir isso em situações em que você só aparece no orgânico, somente nos anúncios ou também quando aparece nos dois tipos de resultados, simultaneamente.

2. Encontrar novas palavras-chave

Ao avaliar as pesquisas orgânicas que estão trazendo visitas para seu site, você pode descobrir novas palavras-chave para usar nas campanhas do Google Ads.

Além disso, você também pode fazer o caminho inverso, ou seja, identificar palavras-chave de suas campanhas Google Ads que podem ser otimizadas para SEO.

Mas, vale destacar que o relatório de pesquisa paga e orgânica possui filtros que ajudam a encontrar buscas específicas. Por exemplo, você pode inserir o nome de sua marca para encontrar todas as buscas em que este termo foi usado.

3. Criar grupos de anúncios de alto valor

Pode ser que descubra que algum termo importante esteja trazendo algumas visitas orgânicas, embora você não esteja bem posicionado.

Mas, se criar um grupo de anúncio para esta palavra-chave, você pode aparecer no topo da página do Google e conseguir muitas visitas.

Portanto, o relatório de pesquisa paga e orgânica é importante para que você consiga segmentar consultas de alto valor.

4. Avaliar impacto das alterações no SEO e Google Ads

Todas as alterações que você faz em seu site podem impactar os resultados do seu marketing digital.

Assim, com o relatório de pesquisa paga e orgânica, você consegue comparar como uma alteração afeta o desempenho do SEO e dos Links Patrocinados.

Por exemplo, após uma alteração no design do site, verifique como isso muda o número de cliques em anúncios e resultados orgânicos.

5. Identificar anúncios com potencial para melhorar

Além disso, você também pode usar o relatório para encontrar consultas com baixo número de cliques pagos e alto número de cliques orgânicos.

De fato, se isto estiver acontecendo com suas campanhas, procure descobrir o que faz as pessoas clicarem no resultado orgânico, mas evitarem os anúncios.

Será que você precisa reescrever seus anúncios de modo que eles correspondam melhor à intenção de pesquisa?

Fique de olho nos resultados patrocinados e orgânicos

Portanto, o relatório de pesquisa paga e orgânica é essencial para entender como os esforços de SEO e Google Ads trabalham em conjunto para melhorar seus negócios.

De fato, é mais um relatório que você não pode perder de vista ao otimizar suas campanhas de marketing digital.

Clinks ®️ | Google Ads Partner PREMIER

CNPJ: 08.194.590/0001-42

Política de privacidade e termos de uso

Trabalhe conosco

Mapa do Site